Os perigos de malhar com o bebê

Por Gizele Monteiro e Bia Faé – Personal Gestante

 

Será que existem perigos em malhar com o bebê?

Hoje vemos muitas mamães fazendo essa opção, de realizar exercícios acompanhadas e envolvendo seus bebês nos movimentos.

Programa de exercícios Mamãe e Bebê by Gizele Monteiro
Programa de exercícios Mamãe e Bebê by Gizele Monteiro

Após o parto, uma das preocupações da mulher é voltar à forma física. No passado, a principal prioridade era fazer do momento da maternidade um ambiente de interação tranqüilo entre a mãe e o bebê. Recentemente, um novo fato tem ocorrido durante a licença-maternidade, pautado na recuperação da silhueta antes da gravidez. A partir desse fato, algumas mães optam por parar de amamentar ou procuram (muitas vezes por conta própria) a prática de exercícios junto ao bebê.

Bom o primeiro ponto que podemos reforçar é que não é necessário parar a amamentação para realizar exercícios. Tal prática é sim possível desde que se tenha um profissional capacitado e especializado em atender a mulher nesse período. A orientação do exercício ideal desse momento, permitindo portanto segurança ao bebê e também para a mamães que ainda não tem seu corpo em estado normal.

No pós-parto a mulher apresenta importantes mudanças fisiológicas e hormonais, e por isso o retorno as atividade deve ser gradativo.

Quanto ao bebê, esse possui estruturas e o tecido cerebral ainda muito frágeis. Para não colocar portante o bebê em risco, as mães não devem reproduzir a prática de exercícios (muitas vezes difundidas em redes sociais) em casa com a criança. Uma auto-crítica e discernimento e a orientação especializada do que fazer são fundamentais e devem sobrepor questões estéticas (vislumbradas por muitas mulheres).

Um dos maiores perigos se encontra no movimento de sacudir um bebê (em práticas em que este é levantado pela mãe como ‘halteres’) podendo causar danos graves. A chamada síndrome do bebê sacudido é uma forma grave de lesão cerebral, provocada pelo deslocamento do cérebro do bebê dentro do crânio quando a criança é sacudida. Além disso, existe o risco de queda do bebê.

Precisamos ser mais críticos antes de achar bonito todo conteúdo exposto na internet.

Mamãe em forma - Bebê calminho
Mamãe em forma – Bebê calminho

Esse tipo de exercício não deve em hipótese alguma ser realizado com recém-nascido!

A mãe precisa priorizar a saúde do bebê, principalmente neste momento. Cuidar de seu bebê, amamentá-lo e acompanhar todas as fases do seu desenvolvimento deve ser prioridade. Não aceite que alguém lhe diga que precisa ter seu abdômen de volta para ser considerada exemplo. Esse tipo de discurso além de ser preconceituoso é um disparate.

É possível retornar as atividades físicas e recuperar o peso e sua barriga de forma contínua e segura, respeitando o momento de aleitamento e a recuperação do parto.

Procure um personal gestante (profissional especializado em atender gestantes e mamães) para iniciar.

Dentro do programa Gravidez em Forma realizamos consultoria para treinamento à distância! Entre em contato!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *