Treino na gravidez – Como deve ser?

Treino na gravidez – como deve ser feito?

O treino na gravidez deve ser especial? Será que os exercícios devem ser modificados? Será que existe algum cuidado especial a ser tomado?

Por Gizele Monteiro – Personal Gestante

Vou desvendar algumas das principais dúvidas que normalmente a mulher quando fica grávida passa a ter.

PRIMEIRA DÚVIDA

A resposta da primeira pergunta … O treino durante a gravidez, deve ser feito com mais cuidados. Isso porque todo metabolismo e fisiologia da mulher está modificando semana a semana, mês a mês, trimestre a trimestre.

A desculpa para continuar sem modificar nada, de que GRAVIDEZ NÃO É DOENÇA, não deve ser seguida. Muitas mulheres usam esse argumento para continuar na sua rotina de exercícios sem qualquer mudança. Mas esse comportamento é muito arriscado para o organismo materno, fetal e também no risco de lesões por movimentos não compatíveis com as mudanças do seu corpo.

Por isso, a melhor escolha é um programa especializado.

 

Treinar na gravidez by Gravidez em Forma

 

SEGUNDA DÚVIDA

A resposta da segunda pergunta … Os exercícios devem ser modificados para a segurança fisiológica do bebê e da mamãe, mas também para que não ocorra lesões e diástase por causa de exercícios não indicados.

Veja esse artigo que escrevi sobre a intensidade. A intensidade é uma das modificações que devem ocorrer.

INTENSIDADE DO EXERCÍCIOS – CLIQUE AQUI !

A outra é a biomecânica que é a preocupação com esse exercício não te lesionar ou provocar a diástase.

 

TERCEIRA DÚVIDA

A resposta da terceira pergunta … Os cuidados especiais a serem tomados são:

  • controlar a frequência cardíaca – isso para que o suprimento para o bebê seja mantido, mas também seu coração seja mantido em segurança. Uma Frequência Cardíaca elevada coloca seu coração em sobrecarga, diante das grandes mudanças circulatórias que já estão ocorrendo.
  • não realizar abdominais tradicionais – isso aumenta o risco de diástase abdominal.
  • a carga em exercícios de fortalecimento deve ser reduzida – isso porque a carga também determina a intensidade fisiológica, além de também sobrecarregar regiões sensíveis e com mudanças estruturais promovidas pelo hormônio relaxina nas articulações.
  • evitar exercícios de impacto – por causa do estresse sobre a coluna, assoalho pélvico e centro de gravidade.
  • selecione exercícios mais fáceis e simples para sua segurança …
  • etc …

 

Então diante dessas rápidas colocações, podemos entender que não é qualquer exercício ou modalidade que deve ser realizada.

Apesar de hoje a busca da boa forma acontecer também durante a gravidez, e sendo possível ter resultados positivos também para fins estéticos, a direção do programa não pode ser essa, mas deve ser em focar a saúde para que sua estética seja mantida. Mantendo esse foco, acredite, sua estética acontecerá.

E justamente para sua segurança foi que eu idealizei o programa online Gravidez em Forma.

O programa Gravidez em Forma tem uma seleção adequada de exercícios e uma proposta segura nos movimentos e na intensidade do seu treino.

 

O treino na gravidez deve focar músculos que serão importantes para seu corpo na gravidez e também lá no pós-parto para a volta do seu corpo de forma mais rápida.

 

Você pode ter mais informações desse programa especializado, clicando no botão abaixo …

Clique aqui e conheça o Gravidez em Forma

 

O programa Gravidez em Forma vem com o combo do programa Pós-parto em Forma … assim você tem seu programa completo … toda a gravidez até a volta do seu corpo e barriga …

Está totalmente imperdível e você não precisa mais se preocupar em como voltar a forma, ou ficar em dúvida do que pode fazer assim que seu médico te liberar.

 

 

Projeto Fim da Diástase by Gizele Monteiro

Por Gizele Monteiro – Personal Gestante By Pós-parto – Mães em Forma

 

Você também tem o desejo de acabar com sua barriga? Ou descobriu que está com uma diástase e quer dar um fim nela.

Você sabe que a diástase pode ser uma das causas da sua barriga não voltar? Ela também pode ser a causa da sua barriga estufada.

Vou explicar rapidinho o que é diástase para você entender o sentido do projeto.

harue fase 3.jpg.crdownload

DIÁSTASE é a separação que acontece nos músculos da barriga durante a gravidez. Seria normal ela voltar após a gravidez, porém por vários motivos ela acaba não fechando novamente e deixa a barriga da mulher com um aspecto estufado, flácido e as vezes até parece que é excesso de gordura localizada. Muitas fazem vários tratamentos e nada de melhorar.

Em algumas mulheres também é possível perceber um buraco em algum lugar da barriga ou uma região que sobe (estufa como se fosse uma bola) quando você faz força. Em todos esses casos, um programa especializado deve ser feito. Abdominais tradicionais, pranchas, musculação, treinamento funcional, em nada resolve a melhora da barriga.

 

 

Fique ligada então para conhecer esse projeto que dará um fim na sua diástase e mostrará resultados incríveis das minhas alunas do programa online Pós-parto – Mães em Forma.

Acompanhe nas redes sociais pelas #projetofimdadiastase e #fimdabarrigadegravida cada resultado de melhora da barriga !

 

Projeto Fim da Diástase
Projeto Fim da Diástase

 

Como participar também do projeto para ter sua barriga de volta?

Clique no botão abaixo conhecer mais do programa Pós-parto – Mães em Forma.

Ao participar do programa você estará juntamente com as alunas participantes aplicando o método que ajuda cada uma a ter a melhora da diástase e da barriga.

Basta aplicar o programa e colocar nas suas mídias sociais as #projetofimdadiastase #fimdabarrigadegravida

 

Clique aqui e conheça o Gravidez em Forma

 

Personal Gestante Online – o programa especializado para gestantes na internet

Por Gizele Monteiro – personal gestante e idealizadora do programa online Gravidez em Forma

 

O atendimento a gestante com exercícios é ainda carente de um conhecimento especializado.

Há anos atuando como personal gestante já pude ver muitas atividades e exercícios que  colocam a gestante em risco.

Há ainda um raciocínio confuso de que “gravidez não é doença”, parecendo que o fato de isso ser uma verdade, parece que a gestante então pode fazer de tudo e continuar nas suas atividades sem qualquer mudanças.

É justamente aí que entra um trabalho especializado realizado por um personal gestante.

Veja um pouco da diferença de informação e cuidados que você terá acesso – exercícios selecionados e sem riscos como o apresentado na fato abaixo.

 

Gravidez em Forma - Personal Gestante Online
Gravidez em Forma – Personal Gestante Online

Muitas gestantes usam esse tipo de exercício em equilíbrio em sua rotina de treino. Qual será o seu objetivo?

Vou pontuar algumas coisas que analiso quando vejo os riscos e efeitos desse tipo de exercício.
1. não ajudará a manter sua forma – esse exercício não tem grande gasto calórico, portante do ponto de vista fisiológico e metabólico ele não é interessante para evitar que você engorde em excesso.

2. é um exercício que sobrecarrega muito suas articulações – pé, joelho – quadril – coluna – isso porque suas articulações estão instáveis, seu centro de gravidade modificado e sua força abdominal drasticamente diminuída e portanto você terá que fazer grande esforço sobre cada uma dessas estruturas.

3. risco de queda. Justamente por todas as mudanças acima, esse exercício oferece maior risco de queda ou um desequilíbrio que pode fazer você se machucar ou ajustar sua postura de uma forma a te lesionar.

Por isso, busque um programa realmente especializado para gestantes, com exercícios seguros, selecionados e que te ajude a não engordar mas com eficiência.

Se você não sabe o que fazer, o programa online Gravidez em Forma foi feito especialmente para cuidar de você da gravidez até o pós-parto. O programa tem os 2 treinamentos especializados.

E agora melhor … esse atendimento pode ser online. Você pode ter o seu Personal Gestante Online

A prescrição de exercícios para gestantes é feita no programa com toda a segurança necessária – exercícios selecionados, exercícios que manterão a postura, que ajudarão a evitar dores.

 

Personal gestante Gizele Monteiro e exercício para Ana Hickamann
Personal gestante Gizele Monteiro e exercício para Ana Hickamann

O programa GRAVIDEZ EM FORMA é pioneiro nessa área.

Idealizado pela personal gestante Gizele Monteiro, referência no Brasil e diretora do programa você terá acesso a vídeos e planilhas elaboradas para amenizar as mudanças mensais e trimestrais.

Todo o conteúdo e acesso é online e você pode ter acesso 24hs e 7 dias por semana!

 

Que tal chegar ao final da sua gravidez com seu peso controlado e sua disposição garantida.

 

O programa e a especialidade já foi tema de vários programas de TV, rádios e até revistas. A participação da personal gestante Gizele Monteiro com celebridades garantiu um destaque nesse tema em vários meios de comunicação e dessa forma cada dia mais as gravidinhas ficam sabendo dos benefícios do exercício para sua saúde.

Gizele Monteiro em entrevista com Solange Frazão
Gizele Monteiro em entrevista com Solange Frazão

 

Conheça mais sobre o programa clicando no botão abaixo.

Clique aqui e conheça o Gravidez em Forma

 

Gravidez em Forma – programa gestante online

Por Gizele Monteiro – Personal Gestante

O programa gestante – Gravidez em Forma – é um programa online especializado em Exercícios na Gravidez e Pós-parto.

Ele nasceu do desejo de ter uma prescrição baseada no conhecimento científico e um atendimento seguro, com exercícios selecionados e que desse um passo a passo de tudo o que a gestante precisa fazer até o pós-parto.

É um programa que entende todas as mudanças do seu corpo na gravidez, buscando atender suas necessidades, respeitar seus limites e mudanças corporais e atuar na prevenção de desconfortos – como dores nas costas, quadril – e doenças que podem ocorrer tanto no tanto no período gestacional como no Pós-parto.

 

Gravidez em Forma by Gizele Monteiro
Gravidez em Forma by Gizele Monteiro

 

Minha Missão:

Promover seu bem-estar durante a gravidez por meio de um programa de exercícios físicos seguro e eficaz, te ajudar a controlar o peso e manter sua saúde e do seu bebê.

Como fundamento o programa está dirigido por princípios da Educação Física e Obstetrícia, em pesquisas e autores internacionais, as maiores referências de pesquisa no mundo, garantindo a excelência num programa de qualidade para cada necessidade que seu corpo tem.

Conheça mais do programa visitando o site – Gravidez em Forma << clique aqui >>

Sempre inovando estamos preparando um programa especial para as mamães terem acesso total em suas casas – é o programa online “GRAVIDEZ EM FORMA”.

Videobook Gravidez em Forma
Videobook Gravidez em Forma

 

Fique ligada e já realize o cadastro no site para ter acesso as dicas especiais GRATUITAS que a personal gestante Gizele Monteiro preparou para as gravidinhas ficarem sempre em forma. Clique no botão abaixo !!!

clique aqui - gravidez em forma

 

Meus contatos:

  • @gizelemonteiro

instagram logo

 

 

 

Enjoo, Azia e Digestão lenta no final da gravidez – o que fazer?

Dicas da Personal Gestante – Gizele Monteiro

 

Enjoo, azia e digestão lenta, sintomas e incômodos super comuns no final da gravidez.

Conversando com a querida nutricionista Anielle D’angelo resolvemos dar algumas dicas que podem melhorar esse quadro para as gravidinhas.

O que fazer para melhorar ou evitar que o enjoo, a azia e a digestão lenta que costumam aparecer no final da gravidez piorem … Seguem as dicas …

 

  • Digestão lenta na gravidez?

Por Anielle D’Angelo – nutricionista especializada em gestantes e mamães

 

Que mamãe nunca sentiu isso?

Sintoma bem comum no final da gravidez e que atrapalha muito a futura mamãe a se alimentar bem em muitos casos, de tão desagradável que pode ser.

As flutuações hormonais são as maiores causadoras pela digestão prejudicada na gestação.

Existem várias medicações que podem melhorar sintomas como azia, refluxo, flatulências e por aí vai. Porém, indico sempre para tentar seguir as orientações abaixo antes de tomar qualquer medicação desse tipo.

Normalmente os resultados são excelentes e com uma melhora significativa.

 

Veja as Dicas do que fazer:

  1. comer mais fracionado e com poucas quantidades de comida por vez,
  2. evitar frituras, café, refrigerante e doces em geral,
  3. mastigar bem os alimentos,
  4. iniciar as grandes refeições pela salada e finalizá-las com frutas altamente digestivas – como o mamão e o abacaxi,
  5. observar os alimentos que mais lhe desagradam ou promovem esse quado (e evitá-los)
  6. e o mais importante (na minha opinião) é separar as proteínas animais dos carboidratos nas grandes refeições. Sim, quando comer o peixe não comer o arroz, por exemplo! A nossa digestão não é nada boa quando misturamos ambos os grupos no mesmo prato.
Enjoo - Azia - Digestão na Gravidez
Enjoo – Azia – Digestão na Gravidez

 

ATENÇÃO Mamães de Plantão – É importante que você busque uma orientação profissional “qualificada”, dessa forma sua alimentação será mais ajustada.

 

Quer receber mais dicas para não engordar na gravidez e ter uma gravidez saudável?

Clique no botão abaixo e cadastre-se para que eu possa te enviar dicas!

clique aqui - gravidez em forma

 

#anielledangelonutri #dicadanutri  #nutriçãonagestação  #gizelemonteiro #dicasdapersonalgestante

 

Controle de Peso na Gravidez

Controle de peso na gravidez – Por Gizele Monteiro – Personal Gestante

 

Um dos maiores medos da mulher na gravidez é engordar.

É comum ouvirmos mulheres dizendo que engordaram 20-25 quilos com a gravidez.

Além da mudança estética será que existem riscos com esse excesso de peso?

Há algum perigo para você e seu bebê associados a esse aumento de peso?

 

Bom, é fato que a mulher tem que aumentar o seu peso com a gravidez. E esse peso tem uma distribuição coerente e necessária. Ele é distribuído entre seu bebê e as estruturas como a placenta, útero, líquido amniótico.

Além disso, seu coração, mamas, líquidos gerais do corpo e sangue aumentam, e é claro, também sua gordura corporal.

 

Fases do aumento de peso

Na gravidez, o aumento do peso acontece em 2 fases chamadas – fases metabólicas – e essas são bem definidas:

 

A. FASE 1:

No primeiro e segundo trimestres há o crescimento fetal mínimo, portanto se há aumento de peso, não é por causa do bebê e sim do ganho de gordura. Nessa fase há o grande perigo do aumento da gordura porque a mãe além do metabolismo alterado, ela tem mais fome e dessa forma come mais, processo denominado hiperfagia, resultando em aumento do peso corporal materno, especificamente pelo grande acúmulo de gordura.

Se você ganhou 2-3 quilos no mês então vai entender bem, pois ganha-se rapidamente. Pode ser 1 ou 2 semanas.

 

Controle de peso na gravidez - by Gizele Monteiro
Controle de peso na gravidez – by Gizele Monteiro

 

Todo esse processo acontece porque seu metabolismo precisa ser mudado. Isso é feito (pelo milagre da natureza) para que você  durante a gestação poupe sua glicose para o seu bebê. Então há uma inversão metabólica em seu organismo fazendo com que você estoque gordura para ter alimento para VOCÊ e dessa forma disponibiliza toda a glicose para seu BEBÊ. Além disso, a produção do leite materno precisa de um alto gasto energético, por isso também acontece esse estoque.

 

B. FASE 2:

No último trimestre, há o intenso crescimento fetal, que é sustentado pela transferência de nutrientes da circulação materna. O acúmulo de gordura – em você – cessa (se também sua alimentação estiver correta OK?!) e em muitos casos, há até queda nos depósitos de gordura (se esses também não foram estocados em excesso … essa seria a fisiologia correta). Especialmente nesse período (terço final), os pesos fetal e placentário aumentam aceleradamente elevando as necessidades calóricas à custa do metabolismo materno.

COM ISSO VOCÊ VERÁ O PESO NA BALANÇA DISPARAR SE NÃO HOUVE CONTROLE ATÉ AQUI, PORQUE É EFETIVAMENTE QUANDO O PESO AUMENTA DE VERDADE !!

 

Engravidei e estou acima do peso. O que fazer?

Iniciar a gestação com sobrepeso ou com obesidade, ou até mesmo ganhar um peso excessivo durante a gravidez, são considerados fatores de risco para desenvolver a hipertensão arterial (pré-eclâmpsia) ou a diabetes gestacional.

A diabetes gestacional está associado a um crescimento fetal exagerado (macrossomia fetal), além de complicações no parto e obesidade pós-parto. E a hipertensão pode levar ao crescimento restritivo do bebê.

 

Cerca de 45% das mulheres obesas no mundo ganharam peso após a gravidez.

 

A obesidade durante a gestação também está associada ao maior índice de mortalidade dos recém-nascidos. A média de peso dos bebês também é maior que o normal, o que pode provocar riscos obstétricos durante o parto, contribuindo para a maior taxa de cesáreas.

 

O Exercício pode te ajudar no controle de Peso?

Sim! Um dos benefícios com a prática de exercícios físicos especializados na gravidez é auxiliar no controle de peso, controlando dessa forma o ganho de gordura (aumento da adiposidade).

 

O controle no ganho de peso também está associado a um melhor controle da pressão arterial, prevenindo pré-eclâmpisa e eclâmpsia; e prevenindo também diabetes gestacional.

Todos esse benefícios levam a redução de complicações no parto, favorecendo a saúde da mulher e do bebê.

 

O programa Gravidez em Forma – programa especializado elaborado da gravidez até o pós-parto – foi especialmente desenvolvido para orientar você gravidinha numa seleção de exercícios segura e eficaz.

Clique aqui e conheça o Gravidez em Forma

 

Você pode conhecer mais do programa clicando no botão abaixo e vendo várias alunas que tiveram resultados incríveis … conforme esse depoimento da Harue Ciarlini – coach da equipe do Tony Robbins – que fez o programa lá da Alemanha.

 

Siga Gizele Monteiro no Instagram

Curta nossa Fanpage Gravidez em Forma

 

 

Exercícios na gravidez de gêmeos

Por Gizele Monteiro – Personal Gestante

 

A gravidez de gêmeos é considerada uma contra-indicação relativa para se fazer exercícios. Isso significa que eles são permitidos se estiver tudo ok com a gravidez – mamãe e bebês – mas devem ser orientados com mais cautela , portanto é necessário um cuidado dobrado para a prática.
Porém se estiver tudo ok e o médico liberar é mito que a gestante deve ficar de repouso e não realizar exercícios. Pelo contrário, numa gravidez gemelar é muito mais complicado o controle de peso e as dores são muito mais frequentes.

1. Cuidados com o exercício Do ponto de vista fisiológico – funcionamento do seu corpo – os cuidados devem ser redobrados com a intensidade do exercício, sendo indicada a intensidade de leve a moderada e dentro desse contexto a FC deve ser acertada. Isso para manter a integridade da mamães e dos bebês.

 

Exercícios na Gravidez de Gêmeos
Exercícios na Gravidez de Gêmeos

2. Cuidados com o exercício Do ponto de vista biomecânico (articulações, postura e barriga) – deve-se ter muito mais cuidado com a escolha dos exercícios. Um dos pontos a se observar é que a diástase é muito mais comum numa gestação gemelar do que numa gestação simples. Então saber que exercícios fazer é uma forma de prevenir, assim como exercícios errados irão com certeza favorecer seu aparecimento.
Outros pontos são os cuidados posturais e com o perineo por causa da incontinência urinária – a gemelar sofre muito mais com dores nas costas e no quadril, e sua postura é muito mais alterada. E também sofre muito mais pressão no assoalho pélvico (períneo) que uma gestação simples. Isso por si só já favorece a perda ou dificuldade de segurar o xixi. Alguns exercícios podem piorar esse processo.

Nesse contexto um programa especializado para gestantes tem muito mais importância para manter a saúde da mamãe para que ela consiga levar sua gravidez de forma mais tranquila e saudável.
.

3. Cuidados de saúde para uma gravidez de gêmeos

Vários cuidados devem ser “redobrados” para uma gestante gemelar.

– A alimentação deve ser mais saudável ainda, pois terá a função de nutrir a mamãe e os bebês. Porém cuidado, isto não quer dizer que você deve comer dobrado. A alimentação deve sim ter muito mais qualidade e ser ajustada na necessidade calórica compatível com o que você e seus bebês precisam.
*** Nada de engordar em dobro !!!

– Os exercícios se liberados, devem ser mais escolhidos e direcionados para as necessidades dos incômodos e do controle de peso,

– Mais atenção a hidratação – Mais cuidados para inchaço, pois há muito mais volume de líquidos no corpo, afinal são 2 bebês

Se você está liberada pelo seu médico e deseja um programa que te ajude no controle de peso, seja especializado e com exercícios selecionados … Clique no botão abaixo para saber mais sobre o Gravidez em Forma

 

Clique aqui e conheça o Mães em Forma

 

Exercícios na gravidez e diabetes gestacional

Exercícios na gravidez e diabetes gestacional

Por Gizele Monteiro – personal gestante

 

Exercícios na gravidez
Exercícios na gravidez

Exercícios na gravidez – será que o exercício é importante para evitar o diabetes gestacional?

O Diabetes Gestacional (DG) complica 2-5% das gestações (dados dos Estados Unidos) e está associada com o aumento das taxas de complicações médicas da gravidez, bem como riscos a longo prazo, tais como obesidade e diabetes tipo 2, tanto para mãe e filho.

Uma pesquisadora e seu grupo … Emily Oken e colaboradores … realizaram um estudo analisando a associação entre o exercício e o sedentarismo com o risco de diabetes gestacional, bem como os níveis de glicose das pacientes gestantes.

Participaram do estudo 1.805 mulheres e os autores mostraram que as mulheres que realizam exercícios nos anos antes da gravidez apresentaram diminuição no risco de ter diabetes gestacional, assim como também níveis anormais de glicose.

 

As mulheres que praticavam exercícios durante a gravidez também tiveram risco reduzido de desenvolver o diabetes gestacional e tolerância à glicose anormal. Esse resultado foi observado ao comparar essas mulheres treinadas com as que não realizaram atividades em nenhum período da gravidez.

Por a gestante diabética se tratar de um grupo especial – deve buscar um programa especializado de exercícios para gestantes e um acompanhamento nutricional, tendo claro que seus hábitos e estilo de vida devem ser saudáveis.

Você pode ter mais entendimento de como sua alimentação é importante e também como é importante o controle de peso para sua saúde e de seu bebê.

Eu tenho um “mini-curso gratuito” com 4 vídeos ensinando a importância da sua saúde e hábitos saudáveis para você e seu bebê.

Mini-curso Gravidez em Forma
Mini-curso Gravidez em Forma

 

Para receber os vídeos, clique na imagem acima ou no botão abaixo e cadastre-se no site – www.gravidezemforma.com.br

 

Clique aqui e conheça o Mães em Forma

 

Dúvidas … envie sua pergunta para meu e-mail – [email protected]

 

Conheça a Dra. Giovana Portella que realizou os exercícios do programa Gravidez em Forma para sua saúde e de seu bebê.

 

 

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA:

Oken et al (2006). Associations of Physical Activity and Inactivity Before and During Pregnancy With Glucose Tolerance. Obstetrics & Gynecology. v108(5), pp 1200-1207.

Tratamentos para flacidez de pele após a gravidez

Tratamentos para flacidez de pele após a gravidez

Como essa é uma dúvida e um problema bem muito comum das minhas seguidoras no instagram, estou republicando o post da Dra Vanessa Guará – dermatologista que tem o instagram @dermatomae

Por Dra. Vanessa Guará – Instagram @dermatomae

A Radiofrequência é utilizada p/tratamento de flacidez corporal e facial e pode ser iniciada 15 dias pós-parto, com exceção da área abdominal, que deve respeitar a cicatrização no caso de cesárea.

É o tratamento mais indicado para a flacidez abdominal no pós-parto. Cada médico tem sua conduta, eu indico a radiofrequência na região abdominal a partir de 40 a 60 dias.

O excesso de pele que aparece logo após o parto tem como origem o afastamento dos músculos da parede abdominal e do reto abdome que se separam para dar espaço ao crescimento e desenvolvimento do útero.

Essas transformações vão ser maiores ou menores, dependendo de fatores como ganho de peso, exercícios praticados durante a gestação e predisposição genética.

O equipamento de radiofrequência produz ondas eletromagnéticas que atuam profundamente aquecendo os tecidos de sustentação da pele localizados na derme, enquanto a superfície se mantém resfriada e protegida. Esse aquecimento promove uma ação vasodilatadora e estimula a produção de colágeno e elastina.

✴️Indicacões:

✅Flacidez facial ? promove um efeito lifting imediato, além de obter resultados a longo prazo no rejuvenescimento. Áreas de tratamento: rosto, pescoço, papada,rugas periorbitais.

✅Flacidez corporal ?atua contra a perda de sustentação da pele em braços, coxas, glúteos e abdome (incluindo os períodos pós-cirúrgicos e pós-parto).

✴️Aparelhos que indico: Exilis Elite, Accent, Freeze

✴️Cuidados complementares:

  • O ideal é que, depois de 40 a 60 dias, a paciente retorne aos exercícios abdominais (não tradicionais), sempre com acompanhamento profissional.
  • Praticar exercícios aeróbicos para ajudar a queimar a gordura que muitas vezes se deposita nos flancos e na região infraumbilical.
  • Uso de cremes hidratantes que melhorem a elasticidade da pele.
  • Realizar massagens terapêuticas como a modeladora ou a drenagem linfática semanal.
  • A corrente russa, que trata a flacidez muscular, pode ser realizada a partir do 3º mês pós-parto.

 

♥ Dica da Personal Gestante:

Gostaria de complementar essa informação falando sobre a importância do exercício especializado para a volta da barriga.

Com o programa certo, há a redução da flacidez. A recuperação da musculatura puxa a pele dando-lhe mais firmeza e sustentação.

O ideal é então realizar exercícios junto com os tratamentos específicos para a pele.

Conheça o programa para recuperação da diástase – Pós-parto – Mães em Forma. Clique no botão !!! Te espero lá!

 

Clique aqui e conheça o Mães em Forma

 

View this post on Instagram

✴️A Radiofrequência é utilizada p/tratamento de flacidez corporal e facial e pode ser iniciada 15 dias pós-parto, com exceção da área abdominal, que deve respeitar a cicatrização no caso de cesárea.É o tratamento mais indicado para a flacidez abdominal no pós-parto. Cada médico tem sua conduta, eu indico a radiofrequência na região abdominal a partir de 40 a 60 dias. ✴️O excesso de pele que aparece logo após o parto tem como origem o afastamento dos músculos da parede abdominal e do reto abdome que se separam para dar espaço ao crescimento e desenvolvimento do útero. Essas transformações vão ser maiores ou menores, dependendo de fatores como ganho de peso, exercícios praticados durante a gestação e predisposição genética. ✴️O equipamento de radiofrequência produz ondas eletromagnéticas que atuam profundamente aquecendo os tecidos de sustentação da pele localizados na derme, enquanto a superfície se mantém resfriada e protegida. Esse aquecimento promove uma ação vasodilatadora e estimula a produção de colágeno e elastina. ✴️Indicacões: ✅Flacidez facial👉 promove um efeito lifting imediato, além de obter resultados a longo prazo no rejuvenescimento. Áreas de tratamento: rosto, pescoço, papada,rugas periorbitais. ✅Flacidez corporal👉atua contra a perda de sustentação da pele em braços, coxas, glúteos e abdome (incluindo os períodos pós-cirúrgicos e pós-parto). ✴️Aparelhos que indico: Exilis Elite, Accent, Freeze 👍👍💃 ✴️Cuidados complementares: 👉O ideal é que, depois de 40 a 60 dias, a paciente retorne aos exercícios abdominais, sempre com acompanhamento profissional. 👉Praticar exercícios aeróbicos para ajudar a queimar a gordura que muitas vezes se deposita nos flancos e na região infraumbilical. 👉Uso de cremes hidratantes que melhorem a elasticidade da pele. 👉Realizar massagens terapêuticas como a modeladora ou a drenagem linfática semanal. 👉A corrente russa, que trata a flacidez muscular, pode ser realizada a partir do 3º mês pós-parto. #cuidadospospartoDM #dermatomae #dermatodicas 😊✔️😘

A post shared by Vanessa Guará (@dermatomae) on

 

#cuidadospospartoDM #dermatomae #dermatodicas #dravanessaguara #dermatologia #gizelemonteiro #personalgestante

 

Gravidez: personal Gestante revela o que fazer quando se tem diástase

Por Gizele Monteiro – Personal Gestante

 

A diástase tem se tornado a cada dia mais conhecida.

Diástase na gravidez
Diástase na gravidez

Após a cantora Sandy revelar ter ficado com um buraquinho em sua barriga, muitas mulheres passaram a entender o porque sua barriga não voltava e também porque algumas ficaram com um buraco nela depois da gravidez.

Na verdade toda gestante e mulher pós-gravidez terá uma diástase, porque ela é uma mudança natural da gravidez. Ela é importante para que haja espaço para o bebê.

Então a primeira coisa que quero desmistificar nesse post é o termo diástase.

Existe a diástase que é funcional e fisiológica na gravidez que comentei acima. Todas as gestantes terão e não deixa aspectos estéticos e nem funcionais negativos. Dessa forma a barriga voltará rapidinho.

Mas o fato é que a grande maioria das mulheres tem a diástase “que não é a normal e funcional“.

Algumas mulheres tem exatamente essa … a diástase que não é normal e funciona e que deixa “um grande afastamento, flacidez muscular (falta de tônus e força muscular – “barriga mole”) e as vezes o rompimento da linha alba (a linha central entre os reto abdominais”.

 

clique aqui

Se você já é mamãe e quer saber se tem diástase e como avaliá-la clique no botão ao lado. 
Você receberá ao se cadastrar um e-book gratuito com todas as orientações sobre como medir e saber se tem diástase e o que fazer.

 

Umbigo estufado na gravidez e diástase
Umbigo estufado na gravidez e diástase

E exatamente para evitar que ela chegue nesse nível, é importante que a diástase seja identificada desde a gravidez.

Isso é possível sem testes, percebendo se em alguma região na parte central da sua barriga, há um abaulamento quando você levanta-se da cama ou inclina-se para o lado.

O umbigo estufado na gravidez já é um indício que você terá uma diástase nessa região. E provavelmente uma hérnia umbilical pós-gravidez.

 

Constatado qualquer um desses sinais, você deve conter a evolução da diástase com exercícios posturais, abdominais especializados (NÃO REALIZE EM HIPÓTESE ALGUMA ABDOMINAIS TRADICIONAIS – veja imagem abaixo as orientações), fortalecimento do períneo.

Não importa se é a primeira, segunda ou terceira gravidez, é sempre possível não deixar o quadro piorar com ações certas.

Escolher o programa com exercícios certos e seguros é a primeira ação e fará toda a diferença para conter o aumento da diástase. Do contrário ela poderá piorar e se tornar um quadro com mais dificuldade de melhora pós-gravidez.

Veja algumas diretrizes do programa Gravidez em Forma … Exercícios que não utilizo no programa por causa do risco.

 

Exercícios que devem ser evitados na gravidez:

1. se você não tem diástase, eles aumentam o risco de ter

2. se você tem diástase, PARE imediatamente por que ela irá piorar

Prancha na gravidez - exercício que deve ser evitado
Prancha na gravidez – exercício que pode piorar a diástase

 

Veja mais alguns exercícios …

5 exercícios que podem causar diástase na gravidez
5 exercícios que podem causar diástase na gravidez

 

Mas por que eles não devem ser realizados?

Os exercícios abdominais ou que acionem os músculos abdominais e das costas como a prancha ou exercício do gato, aumentam a pressão abdominal e isso sobrecarrega a região que já está sensível, instável, fraca e alongada.

Seja pelo aumento da pressão interna, ou seja por posicional o peso da barriga paga baixo, eles aumentam a chance de diástase na gravidez e após.

Apesar de ser comum o uso desses exercícios, a exclusão deles no programa Gravidez em Forma tem garantido uma recuperação mais adequada da barriga e corpo das minhas alunas. Em anos de experiência atendendo gestantes e mamães pude constatar a eficiência dos conjunto de exercícios que uso no programa e também que em nada faz falta a exclusão desses e outros.

Afinal acho que nenhuma mulher quer ter sua barriga flácida e com um buraco no meio … não é verdade?

Se você está com alguns dos sinais acima, observando alguma abaulamento em sua barriga, umbigo já estufado, ou desconfortos na região abdominal, conheça o programa Gravidez em Forma … um programa seguro, eficiente e que te deixa em forma da gravidez até o pós-parto.

O programa Gravidez em Forma já vem com o combo do pós-parto, isto é, você tem 2 programas pelo preço de 1.

Clique agora no botão abaixo para conhecer mais sobre o programa e ver tudo o que você recebe …

Te espero lá !!

 

Clique aqui e conheça o Mães em Forma