Preparação para o parto – exercícios ajudam no trabalho de parto

Preparação para parto foi tema em evento da Crescer

 

Você sabia que uma preparação para parto pode fazer diferença na qualidade do seu parto, podendo reduzir dor e o tempo do trabalho de parto?

Enquanto isso, não saber o que fazer, não se informar e manter-se sedentária pode levar a complicações.

Eu Gizele Monteiro, e a fisioterapeuta Vanessa Marques estivemos no Evento Tá na Hora, realizado pela revista Crescer, falando justamente sobre a “preparação para parto”.

 

Evento Revista Crescer – Preparação para parto com Gizele Monteiro e Vanessa Marques

 

Explicamos toda transformação do seu corpo na gestação e o que fazer para ter um parto consciente.

E além disso explicamos detalhadamente os caminhos corretos para você praticar exercícios e preparar a mente e o corpo para ajudar nesse momento!

Tanto exercícios,  quanto a fisioterapia especializada foram abordadas no workshop Como se preparar para o parto.

Assim colocamos 3 fatores importantes para hora do parto:

  • a força muscular
  • condicionamento físico
  • a consciência física

Esses três fatores te ajudarão a suportar melhor o tempo de duração do trabalho de parto.

Por isso então você deve conhecer os caminhos certos.

Muitas mulheres caem nos mitos e “acham” que estão se preparando para o parto.

 

Evento Revista Crescer – Preparação para parto com Gizele Monteiro e Vanessa Marques

 

A VERDADE SOBRE EXERCÍCIOS NA PREPARAÇÃO PARA PARTO

Na minha parte de exercícios, infelizmente existem vários mitos, mas falei vários pontos esclarecendo:

  • muitos exercícios são usados de forma incorreta e ao invés de melhorarem seu corpo e sua força estão promovendo diástase
  • exercícios de forma geral não tem efeito na evolução do parto. Os exercícios apenas ajudam na preparação física para que você suporte o longo tempo de trabalho de parto.
  • uma boa força abdominal faz com que você não só mantenha a qualidade da contração, mas também mantém a consciência corporal para os momentos certos.
  • um abdomen sem diástase ajuda a que os músculos sejam usados com eficiência no momento expulsivo do parto.
  • se você tem diástase perde a força desse músculo, o parto poderá demorar mais, portanto é importante ter os exercícios corretos

Assista o vídeo e veja mais informações sobre esse tema!

 

 

A VERDADE SOBRE A FISIOTERAPIA E A PREPARAÇÃO PARA PARTO

A verdadeira preparação para parto é feita por uma fisioterapeuta obstétrica, especializada realmente em parto.

A condição e a consciência física, por sua vez, formam a percepção do corpo e ajudam a mulher a direcionar sua força para os locais certos.

Saber usar bem o períneo, requer consciência e preparo especializado.

 

“Apesar do parto ser algo natural e orgânico, usar corretamente o corpo e o períneo auxiliam na qualidade de cada fase do parto.

Então esse trabalho pode reduzir a duração e o cansaço durante o trabalho de parto”, explica Vanessa.

PREVENÇÃO DE DORES E PREPARAÇÃO PARA PARTO

Dores na Gravidez – Programa Preventivo

Tanto a prática de exercícios especializados, quanto a fisioterapia obstétrica ajudam na prevenção de dores.

O ideal é que você chegue sem dor ao final da gravidez para estar bem no parto.

A dor nas costas, no quadril por exemplo, atinge quase 70% das gestantes.

Muitas ficam sem movimento e são obrigadas a fazer repouso.

Dessa forma ganham mais peso, incham e tudo isso por que não sabem sobre como ter os cuidados certos.

Tanto exercícios certos, quanto uma fisioterapia preventiva faz a diferença para que você chegue bem no parto.

 

O QUE FAZER?

Para exercícios, falei no evento sobre meu programa online Gravidez em Forma, elaborado com cada um desse cuidados.

Para conhecer clique no botão abaixo e então siga com seu cadastro para ver a apresentação do programa.

 

 

Na parte fisioterápica, Dra Vanessa Marques – Donna Fisio explicou seu trabalho, feito desde a liberação médica, envolvendo em cada fase um tipo de tratamento.

Ao final da gravidez já te direciona a conhecer as fases do trabalho de parto, preparação do períneo com massagem perineal e/ou uso de epi-no.

Cada uma dessas técnicas envolve o principal ponto da preparação para parto.

Quer falar com a Vanessa Marques do Donna Fisio para se preparar para o parto? Clique Aqui !

Diástase pós-parto: tudo o que uma mãe precisa saber

A diástase pós-parto pode estar sendo a causa da sua tristeza e da sua baixa auto-estima sabia?

Por mais alegria que um filho traga há algo na nossa auto-estima que fica afetado quando o corpo está transformado.

Ainda mais quando o tempo passa, você até recupera seu peso, mas a barriga insiste em ficar. Você recorre a dietas, tratamentos e nada da barriga sumir.

Até que você descobre que está com uma diástase pós-parto.

Mas a alegria dura pouco por que te falam que sua barriga só vai voltar com uma cirurgia.

 

ERRADO !!! COM EXERCÍCIOS CERTOS E ESPECIALIZADOS É POSSÍVEL VOCÊ TER A DIÁSTASE PÓS-PARTO REVERTIDA!

 

Infelizmente recebo muitas mulheres que se tornam minha alunas e que como você caíram na depressão, vergonha do corpo, não conseguem ir a praia, colocar um biquini ou uma roupa mais justa, tem medo de nunca mais terem seu corpo de volta e não querem passar por uma cirurgia.

Tudo isso por que seu corpo e principalmente sua barriga foram transformados por causa da diástase pós-parto.

O que muitas não sabem é o porquê a diástase aconteceu e qual a solução para ter de volta seu corpo antigo.

Mas para seu alívio, a diástase tem como melhorar.

.

O QUE É DIÁSTASE ?

A diástase é o afastamento que acontece na sua barriga na gravidez.

Portanto esse afastamento é provocado pelo crescimento da sua barriga, para criar espaço para o bebê … isso então deve ser natural.

Mas esse espaço em grande parte das mulheres foge do padrão, ficando grande ou ocorrendo um rompimento do tecido por seus músculos não aguentarem.

Ela tem localização e isso reflete no tipo de barriga, conforme a imagem.

 

Tipos de Diástase e Barriga

 

Esse rompimento ou afastamento acima do natural acontece por que seus músculos não suportam o grande alongamento e volume da barriga.

Existem vários fatores, mas músculos abdominais fracos somados a desequilíbrios do corpo vão fazer a diástase aparecer.

Avalia-se a severidade da diástase pela distância gerada entre os músculos e ela tem – largura, comprimento e profundidade.

Muitos profissionais avaliam de forma errada, considerando apenas a largura como referência.

Você pode aprender como avaliar no meu e-book GRATUITO . Baixe pelo site – clique na imagem!

É exatamente esse rompimento e separação que deixam sua barriga feia e estufada.

A diástase pós gravidez contribui para você ter dor nas costas, problemas de coluna como hérnia de disco ou ciatalgia, hérnia umbilical ou os escapes de xixi.

Isso por que esses músculo tem uma função muito importante de organização o corpo, e sustentar os órgãos e ainda trabalha com relação com o quadril.

 

COMO VOCÊ PODE PREVENIR A DIÁSTASE PÓS-PARTO?

Quando a diástase acontece, nas próximas gestações ela pode piorar.

Muitas mulheres até têm sua barriga de volta e não percebem que a diástase aconteceu, e dessa forma na próxima gravidez ela ficará pior.

Minha orientação como a única especialista que cuida de reverter a diástase e corpo com exercícios funcionais, indico que toda a região seja recuperada e fortalecida.

Nesse vídeo da segunda gravidez você entenderá por que é importante fazer exercícios corretos para recuperar seu corpo o quanto antes.

 

 

Fortalecer toda região com exercícios certos e especializados já é uma das recomendações médicas e o mais importante fazer antes e durante a gravidez. Sempre com exercícios especializados!

E por que estou frisando tanto sobre exercícios especializados?

Por que não são todos os exercícios e modalidades que podem ser feitos.

Muitos exercícios vão piorar a diástase e consequentemente deixar sua barriga mais estufada e maior.

Se você está grávida e quer saber mais – clique aqui!

Infelizmente os profissionais não sabem como fazer essa prevenção. Fato que muitas celebridades vêm sofrendo com esse mal.

A cantora Sandy foi a primeira a relatar a diástase. Ela contou que demorou mais de um ano tentando voltar a ter a barriga que tinha antes da gestação com exercícios.

Claudia Leitte, Giovanna Antonelli , Thais Fersoza estão na lista de celebridades que sofreram com a diástase pós-parto.

Algumas mamães me perguntam: mas como elas tiveram diástase com tantos recursos e acompanhadas por profissionais tão bons.

O fato é que a diástase pode ser evitada e melhorada ou revertida com exercícios certos. Infelizmente muitas ainda desconhecem esses cuidados!

Mas que bom que você pode conhecer !!! E esse é um dos motivos desse artigo e desse canal.

.

O TIPO DE PARTO PODE INFLUENCIAR NO APARECIMENTO DA DIÁSTASE PÓS-PARTO?

Não. A diástase pós-parto pode acontecer em mulheres que tiveram tanto parto normal como cesariana.

Para as gestantes que fizeram parto normal, assim que o médico liberar já é possível saber através de um auto exame se o problema aconteceu.

Para quem fez cesariana, o auto exame só pode ser realizado depois da liberação médica ou desconforto para movimento, pois é preciso esperar a cicatrização dos pontos.

Para iniciar os exercícios também é necessário a liberação médico. O parto normal ocorre por volta e 30 dias. Já a cesárea o comum é a liberação entre 40 a 60 dias. 

Nenhum exercício pode ser iniciado sem essa liberação que ainda pode ser individual.

 

COMO SABER SE VOCÊ ESTÁ COM DIÁSTASE?

Falei acima do auto exame. Para saber se você tem diástase pós-parto, sua localização e quais as medidas que ela tem, você pode aplicar o auto exame.

Assista o vídeo e baixe meu e-book GRATUITO que indiquei acima.

Se houver o rompimento vice sentira sua mão afundar, sentirá um espaço entre os 2 músculos abdominais.

 


Somente a volta de exercícios certos e especializados fará com que esse tecido rompido seja regenerado.

Fazer exercícios tradicionais e gerais NÃO é o caminho para trazer a musculatura de volta ao normal.

 

COMO TER SEU CORPO DE VOLTA?

Quando a diástase é funcional sua barriga recupera sozinha.

Porém quando ela ultrapassa os limites ou há o rompimento do tecido que sustenta e separa os músculos abdominais, sua barriga não voltará sozinha. FATO!!

A diástase na grande maioria não apresenta sintomas, mas pode gerar vários incômodos que nem todos estão atentos, mas são por causa da diástase.

Esse desequilíbrio do corpo gerado pela diástase causa dor nas costas, escapes de xixi, hérnia umbilical, hérnia de disco, além da sua estética comprometida.

Portanto saber o que fazer e ter os exercícios certos e especializados será o caminho.

E importante … fazer exercícios errados irá piorar seu quadro.

Fuja de abdominais tradicionais, pranchas, agachamentos com barra nas costas, burpees, além disso, os aeróbicos … corrida, pular corda, jump … e etc!!!

 

UMA ESPECIALISTA E REFERÊNCIA PARA TE AJUDAR!

Gizele Monteiro no Programa Você Bonita

“Durante anos estudando no mestrado e mais os vários anos de experiência acadêmica e em atendimento, me levaram a achar um caminho para recuperar a temida diástase.

Ao me deparar com a grande necessidade das mulheres, elaborei um método e um programa que pode ser aplicado em qualquer lugar, inclusive no conforto da sua casa.

Eu como mãe, portanto sei muito bem que muitas vezes é complicado sair de casa, ainda mais para treinar!

Ou ao voltar do trabalho ainda ficar com o coração partido entre deixar sua família pra ir para academia.

No final … a família e as tarefas acabam vencendo.

Gizele Monteiro no programa Pós-parto – Mães em Forma

Só quem tem filhos sabe o quanto abdicamos e a opção de fazer treinos em casa é uma grande solução.

E o melhor … por ter elaborado um programa com todos os cuidados, você não precisará se preocupar com exercícios errados.

Cuidado por que muitos programas online mostram imagens de mães treinando, mas não tem nada de especializado.

Meu programa foca diástase e recuperação da barriga, postura, períneo, esculpir o corpo e também tem circuitos detonadores de gordura para quem precisa emagrecer.

Além disso, ponto muito importante – NÃO PREJUDICA a amamentação.

O Pós-parto – Mães em Forma é 100% online.

Então esse programa é uma opção eficiente, rápida e fácil para sua rotina. Você faz em casa, perto do bebê, ou quando ele estiver dormindo.

Para saber mais do programa clique no botão abaixo e siga com seu cadastro para ver a apresentação do programa …