SOS Barriga de Mãe

SOS Barriga de Mãe – Por Gizele Monteiro – Programa Online Pós-parto – Mães em Forma

 

O bebê nasceu e você se depara com uma barriga flácida, murcha e o pensamento … meu Deus … será que um dia minha barriga volta? Será que um dia recupero essa barriga de mãe?

Muitas não conseguem ter sua barriga de volta e ficam por anos aguardando e nada! E não entendem o porquê?

Então começa a saga …

  1. A primeira coisa é recorrer a tratamentos estéticos, mas mesmo assim, pouco sucesso é visto.
  2. Depois vão para dietas e exercícios, afina pensam que é gordura. E nada também.
  3. Resolvem ir ao médico, e até que descobrem que essa barriga de mãe pode ser por causa de uma diástase.

 

Diástase? Mas o que é isso?

A diástase abdominal pós gravidez é uma das maiores queixas da estética feminina depois da gravidez.

E isso acontece por que a diástase deixa a barriga estufada, mole parecendo gordura, ficando aquele aspecto como se ainda estivesse “grávida”. Isso quando não há uma grande alteração como um buraco estranho na barriga ou até mesmo um grande avental, aquela dobra. Pode haver também um calombo cada vez que você faz força.

 

Como você sabe se sua barriga de mãe é a diástase? 

A primeira coisa é realizar o teste da diástase. Um auto-exame simples de ser feito.

Você irá localizar a separação muscular e também as medidas e localização dessa separação.

Para saber mais sobre o teste e também o programa você pode baixar meu e-book gratuito – Como ter a barriga reta depois da Gravidez. Basta se cadastrar agora mesmo para baixar o ebook grátis.

O e-book está orientando sobre as alterações da sua barriga e também o auto-exame – teste da diástase.

 

Após realizar o teste e importante entender que a diástase NUNCA está sozinha.

Além da diástase outras alterações acompanham nosso corpo e barriga – com ou sem a diástase – períneo fraco, fraqueza abdominal e a má postura.

Então todo esse conjunto acaba comprometendo toda a estética do seu corpo.

 

Quais os passos para melhorar a barriga?

Mas então será que tem jeito? Dá pra melhorar? O que fazer?

Sim, tem jeito e dá pra melhorar, porém há apenas um caminho para FUGIR DA CIRURGIA … os exercícios especializados!

Para melhorar a diástase é necessário que haja uma ordem lógica de exercícios especiais e com um passo a passo evoluindo para recuperação do seu corpo.

 

“Fica o alerta que exercícios tradicionais e com vácuo não são recomendados e podem piorar o quadro.”

 

O programa que desenvolvi tem 4 fases recuperando desde o controle mais básico de força até definição final da barriga, deixando-a reta e em forma.

Os exercícios especiais que desenvolvi no programa Pós-parto – Mães em Forma respeitam a volta saudável da barriga e do corpo, revertendo a diástase e conseguindo devolver seu corpo.

Então para saber mais sobre o programa – CLIQUE NO BOTÃO. Dê esse passo de mudar a história do seu corpo!

Ebook grátis Teste da Diástase

 

ALERTA!


– Recuperar a barriga não é apenas uma questão estética, mas é importante também para sua “saúde pélvica e corporal”.

– Assim com esse rompimento dos músculos abdominais – diástase – há uma perda de força abdominal e isso também se associa com uma debilidade do períneo, podendo levar a escapes de xixi (incontinência urinária) e aumentar o risco da queda dos seus órgãos com o passar dos anos, tanto bexiga, quanto útero – conhecido como PROLAPSOS – queda de órgãos. Isso tudo por que os músculos abdominais funcionam como uma parede de contenção para manter seus órgãos no lugar. Normalmente fraqueza do períneo está associada à diástase.

– Saúde da sua coluna – sua coluna sofrerá com dores por causa da fraqueza abdominal que acompanha a diástase.

Então CUDE-SER AGORA!!