Hipermobilidade – como identificar?

Profa. Ms Gizele Monteiro

Conceituação – o que é hipermobilidade?

Um ponto muito importante para os professores de Ed. Física que trabalham com crianças e jovens é saber identificar uma grande tendência genética para a flexibilidade, sendo apresentada como hipermobilidade ou hiperflexibilidade.

Hipermobilidade é, portanto uma amplitude acima do normal em uma ou mais articulações. Conhecida também como síndrome de hipermobilidade articular familiar (SHMAF) representa uma variação da mobilidade das articulações normais sem a presença de doença do tecido conjuntivo (Lompa et al., 1998).

O excesso de flexibilidade pode desalinhar a biomecânica normal do complexo músculo-articular e criar eventuais danos aos tecidos musculares, comprometendo a estabilidade músculo-articular e tornando possivelmente tão prejudicial quanto a pouca flexibilidade para o desempenho atlético (Achour Júnior, 1999).

Como a hipermobilidade pode ser identificada e avaliada?

Para identificarmos a hipermobilidade dispomos de testes simples, que demonstram as principais articulações onde a criança pode apresentar essa amplitude excessiva.

1. Hiperextensão dos joelhos formando ângulo maior que 10 graus;

2.Hiperextensão dos cotovelos formando ângulo maior que 10 graus;

3. Hiperextensão do dedo formando ângulo maior que 90 graus ou Hiperextensão dos dedos sobre região dorsal do antebraço, formando ângulo de 90 graus (em paralelo);

4. Aproximação passiva do polegar sobre a região ventral do antebraço, até encostá-lo;

5. Flexão da coluna, mantendo os joelhos estendidos, até encostar as palmas das mãos no chão

Como interpretar o teste segundo os critérios acima relacionados?

Pontuação para os critérios acima relacionados no estudo foram:

Critérios de 1 a 4:

♦ 0 (zero) no caso da manobra não ser realizável,

1 (um) se a manobra fosse positiva em apenas um dos lados (direito ou esquerdo)

2 (dois) se fosse positiva em ambos os lados.

Critério 5:

0 (zero) se a manobra fosse negativa ou não for realizada,

1 (um) se fosse positiva.

O escore poderia variar de 0 a 9 pontos. No estudo para o diagnóstico de hipermobilidade foram usados a contagem:

A)3 critérios positivos ou mais;

B)4 pontos positivos ou mais;

C)5 pontos positivos ou mais.

Gizele Monteiro

Gizele Monteiro

É a maior especialista em Diástase e recuperação da barriga do Brasil e hoje tem alunas em mais de 70 países. Criadora dos Programas Online Mães Sem Diástase, Gravidez Sem Diástase, Pronta para Engravidar, já ajudou mais de 26 mil mulheres a conquistarem o sonho de ter a barriga reta, reverter a diástase sem cirurgia, sem remédio, sem tratamentos estéticos e nessa transformação recuperarem sua autoestima. Autora do primeiro livro no mundo sobre Diástase - Vencendo a Diástase - Buzz Editora.

É a maior especialista em Diástase e recuperação da barriga do Brasil e hoje tem alunas em mais de 70 países. Criadora dos Programas Online Mães Sem Diástase, Gravidez Sem Diástase, Pronta para Engravidar, já ajudou mais de 26 mil mulheres a conquistarem o sonho de ter a barriga reta, reverter a diástase sem cirurgia, sem remédio, sem tratamentos estéticos e nessa transformação recuperarem sua autoestima. Autora do primeiro livro no mundo sobre Diástase – Vencendo a Diástase – Buzz Editora.

Conheça Nossa Página

Canal do Youtube

Reproduzir vídeo