• Suporte Exclusivo via Whatsapp: (11) 9 5065-9502
  • PORTAL DE ALUNAS

Novas diretrizes do ACOG para exercícios na gravidez – atividade ocupacional

Tradução da Diretriz do ACOG (PARTE 7) – Por Gizele Monteiro – Personal Gestante e Coach de gestantes by Gravidez em Forma

*** Os programas Mais Vida Gestantes e Gravidez em Forma seguem as diretrizes do ACOG e outras autoridades internacionais que pesquisam e buscam a prescrição de exercícios de forma segura e direcionada para as necessidades da gravidez.

 

Número 650 – Dezembro de 2015.

Comissão de Prática Obstétrica
Este documento reflete os avanços clínicos e científicos emergentes – a data e emissão estão sujeitas a alterações. A informação não deve ser interpretada como um curso exclusivo de tratamento ou procedimento a ser seguido.

 

Atividade Física Ocupacional

A evidência à respeito de qualquer possível associação entre os resultados de saúde materno-fetal e atividade física ocupacional é misturado e limitado.

Uma meta-análise com base em 62 estudos avaliando as evidências relativas de parto prematuro, baixo peso ao nascer, idade gestacional pequena, pré-eclâmpsia e hipertensão gestacional para cinco exposições ocupacionais (horas de trabalho, trabalho por turnos, de elevação de carga – lifting, em pé e carga de trabalho físico) ( 53). Embora a análise tenha sido limitada por definições de exposição heterogênicas, especialmente para levantamento e de carga de trabalho pesada, a maioria das estimativas de risco apontou para efeitos pequenos ou nulos. Em contraste, um estudo de corte de mais de 62.000 mulheres dinamarquesas mostraram uma relação dose-resposta entre a carga diária total levantada e parto prematuro com cargas maiores que 1.000 kg por dia (54). Neste estudo, a elevação de cargas pesadas (superior a 20 kg) mais do que 10 vezes por dia foi associada com um aumento do risco de parto prematuro.

Atividade Ocupacional e gravidez
Atividade Ocupacional e gravidez

As orientações do Conselho de Associação Médica Americana sobre Assuntos Científicos de 1984, sobre os limites do levantamento ocupacional de peso durante a gravidez têm sido utilizados por médicos por muitos anos, mas não são específicos, não definem os termos de levantamento repetitivo ou intermitente, e não consideram o tipo de levantamento ( 55).

A mais recente orientação proposta aborda estas questões e baseia-se no Instituto Nacional de Segurança Ocupacional e Saúde  e baseada no Instituto Nacional de Segurança Ocupacional e Saúde equação que determina o limite máximo recomendado de peso. A equação limite de peso recomendado fornece limites de peso para elevação de que seria aceitável para 90% das mulheres saudáveis ​​(56).

Um estudo aplicou a equação de levantamento do Instituto Nacional de Segurança Ocupacional e Saúde para definir os limites de peso recomendado para uma ampla variedade de padrões de levantamentos para as mulheres grávidas, num esforço para definirem um limite de levantamentos que a maioria das trabalhadoras grávidas com gestações complicadas deve ser capaz de executar sem aumento do risco para a saúde materna ou fetal (57).

Os mesmos autores identificaram condições de levantamentos que apresentam maior risco de lesão musculoesquelética e sugeriram que ginecologistas-obstetras e outros profissionais de usem seu melhor julgamento clínico para determinar um plano de recomendações para a paciente, que pode incluir um pedido formal de um profissional de saúde ocupacional para realizar uma análise para determinar limites máximos de peso com base em condições de levantamentos reais.

Gizele Monteiro

Gizele Monteiro

É Criadora dos Programas Online Gravidez em Forma e Pós-parto – Mães em Forma que já “ajudou centenas de gestantes a não engordarem e mamães a voltarem ao seu corpo de antes”. Nesse método a diástase tem melhora e a barriga fica reta.

Gizele Monteiro

Consultora de celebridades e programas de TV”.  Se tornou especialista em diástase e recuperação da barriga após a gravidez. Há 20 anos atuando e estudando sobre o controle de peso na gravidez e na volta do corpo da mulher após a maternidade. Fez mestrado na UNIFESP sendo pioneira e referência sobre Exercícios para Mães e Recuperação do corpo após a maternidade no Brasil e na Europa

Cadastre-se para receber

Conheça Nossa Página

Canal do Youtube

Como perder barriga depois do parto

Baixe Agora mesmo Seu E-book Grátis!

O que é Diástase? Como saber se eu tenho? O que fazer se o teste que eu fizer comprovar que estou com Diástase? … São essas respostas que estão detalhadas neste e-book.