Risco de queda na gravidez

Por Gizele Monteiro – Personal Gestante e Dr. Paulo Gomes Filho – Instagram – @drpaulogomesfilho

 

Estou fazendo questão de compartilhar esse post do Dr. Paulo aqui no meu blog porque cada dia tenho visto mais malabarismo com os exercícios durante a gravidez.

O post do Dr. Paulo traz um alerta na rotina diária da gestante, mas estendo isso também para a prática de exercícios pelas gestantes.

Sabe-se que os exercícios físicos são saudáveis e muito importante na gravidez, mas é muito arriscado colocar uma gestante num exercício em risco de queda.

Exemplos de exercícios que oferecem risco de queda e lesão:

  • gestantes ajoelhadas em bola de fit ball,
  • gestantes realizando treinamento funcional com grande instabilidade e nível de dificuldade elevado,
  • gestantes fazendo poses de yoga ou até mesmo no famoso pilates (que na verdade é mais uma adaptação do que pilates mesmo), etc.

Todos exercícios desnecessários !

Procure um programa especializado. Um dos motivos que meus exercícios no programa Gravidez em Forma (quer conhecer mais – clique aqui) são muito bem selecionados e seguros é justamente para que o corpo da gestante seja trabalhado de forma equilibrada, harmônica e dentro das necessidades que o corpo dela precisa nesse momento.

Gravidez não é momento de malabarismos‪#‎exercicioseguromamaeebebeseguros‬

Segue então o repost do @drpaulogomesfilho  ???? e compartilhe essa informação com suas amigas gravidinhas!

 

Risco de queda na gravidez
Risco de queda na gravidez

Gestantes cuidado com as quedas!

É muito comum, por conta da modificação do centro de gravidade, a gestante viver tropeçando ou caindo.

Dificilmente, esse tipo de evento acarretará traumas para o bebê.

Mas, a placenta é a parte mais vulnerável da gestação, principalmente nos últimos três meses de gravidez.

Traumas mais intensos podem proporcionar descolamento da placenta, ocasionando sangramentos e contrações, além de risco pra o bebê.

Além disso, contusões e entorses na mamãe podem acontecer após quedas.

 

Seguem então algumas dicas:

– Atenção ao andar na cozinha ou no banheiro. São as áreas da casa frequentemente molhadas;
– Use sapatos baixos, eles garantem melhor equilíbrio;
– Não suba em bancos ou escadas para pegar coisas no armário ou prateleiras;
– Controle seu peso. Isso ajuda a manter um melhor equilíbrio.
– Após qualquer tipo de acidente, entre em contato com o médico ou vá imediatamente a emergência.

 

Informações sobre o programa Gravidez em Forma – contato@gizelemonteiro.com.br / whats app – 11 9 9651.8909

Site com vídeo e página de apresentação do programa clique aqui !

 

Gizele Monteiro

Gizele Monteiro

É a maior especialista em Diástase e recuperação da barriga.
Criadora dos Programas Online Mães Sem Diástase e Gravidez Sem Diástase, já ajudou mais de 15 mil mulheres a conquistarem o sonho de ter a barriga reta, reverter a diástase sem cirurgia, sem remédio, sem tratamentos estéticos...

Gizele Monteiro

Consultora de celebridades e programas de TV.  Se tornou especialista em diástase e recuperação da barriga após a gravidez. Há 20 anos atuando e estudando sobre o controle de peso na gravidez e na volta do corpo da mulher após a maternidade. Fez mestrado na UNIFESP sendo pioneira e referência sobre Exercícios para Mães e Recuperação do corpo após a maternidade no Brasil e na Europa

Conheça Nossa Página

Canal do Youtube

Descubra Como Ter a Barriga Reta Após a Gravidez

Teste da Diástase: Veja como fazer!

Faça o Teste e Descubra se Você tem Diástase

Descubra Como Evitar a Diástase na Gravidez Com essa Série Gratuita