Exercícios no primeiro trimestre de gravidez

Exercícios no primeiro trimestre de gravidez sempre são considerados pela grande maioria das mulheres algo perigoso. Ainda existe o medo da perda e a dúvida se o exercício realmente é benéfico nesse momento.

 

Preparei esse vídeo no meu canal do YouTube para explicar alguns cuidados e orientações sobre exercícios no primeiro trimestre se você estiver sedentária ou se você for treinada.

 

Assista o vídeo

Aproveite e inscreva-se no meu canal para ficar por dentro de todos os vídeos que eu fizer!

 

Duração e quantas vezes na semana para fazer exercícios?

A duração dos exercícios pode variar de acordo com o nível de condicionamento anterior da mulher:

  • para sedentárias – de 30 a 45 minutos – de 2 a 3 vezes na semana
  • para treinadas – de 45 a 60 minutos – 3 a 5 vezes por semana

 

Intensidade do Exercício:

Independente do nível de condicionamento, sempre a intensidade deve ser de leve a moderada. No entanto,  o que é leve para a treinada será obviamente muito intenso para a sedentária. Isso significa que essa intensidade leve a moderada será de acordo com o nível de condicionamento anterior dela.

Atividades intensas, como os famosos programas de HIIT – treinos intervalados não devem ser praticados na gravidez, mesmo por mulheres treinadas. Isso por que além da grande alternância de movimentos, a FC de exercício poderá levar o bebê a uma FC não estável e também com grandes oscilações, podendo apresentar quadros de taquicardia sevara.

Outros exercícios como os de alto impacto – como corridas, modalidades esportivas – devem ser modificados ou excluídos desde o primeiro trimestre pelo risco de queda ou dificuldade em estabilizar a intensidade.

A FC materna sempre deve ser controlada. Controlando a sua frequência, a do seu bebê estará controlada!

Agora, vá até seu médico e aguarde a liberação!

 

Sobre o Gravidez em Forma:

O programa Gravidez em Forma é um programa especializado que idealizei para que você tenha segurança no seu início ou continuidade dos exercícios durante a gravidez. Elaborado de acordo com todas as recomendações internacionais, ele muda a cada mês para atender suas necessidades de mudanças do corpo.

Além de você ter esse programa durante toda a gravidez, você pode ter tudo o que precisa fazer para voltar de maneira saudável a sua forma depois da gravidez.

Então são 2 programas no mesmo portal!

Para conhecer … clique no botão abaixo!

 

Estou grávida e agora? Como treinar?

Estou grávida! Quanta emoção!! Mas e meus exercícios? Como treinar agora?

Por Gizele Monteiro – Personal Gestante

 

Você acabou de descobrir que está grávida! E agora bate aquela dúvida …

Posso continuar a fazer meus exercícios? Como treinar agora?

O que posso ou não posso fazer?

Existe algum risco?

O primeiro trimestre é rodeado de muitas mudanças. É o enjoo que aparece, o medo de fazer exercícios e ter um abortamento, um monte de coisas que várias pessoas te falam. E com tudo isso você acaba ficando perdida e até por causa disso com medo de treinar na gravidez.

Existem sim algumas orientações para a prática de exercícios em gestantes que se encontram no primeiro trimestre de gravidez.

  • A primeira coisa para ficar segura, é buscar seu médico e verificar como está a gestação. É importante ter a liberação dele. Jamais pratique alguma atividade sem saber se está tudo bem com sua gestação … mesmo que já esteja praticando e demorou para descobrir que estava grávida.
  • Após essa liberação … VOCÊ PRECISA REDUZIR SEU RITMO E QUANTIDADE. Reduza além da intensidade – pegar mais leve – o tempo também que fica na prática.
  • É necessário adaptar vários exercícios – mesmo sem ter barriga. Os hormônios desde o começo começam a agir nas articulações, ligamentos e também já na sua força. Por isso e também pelas razões acima, eles devem ser já adaptados.
  • Suas necessidades agora são outras – o treino que você fazia não serve mais para você. Ele terá sim que ser adaptado, por que seu corpo terá outras necessidades.
  • Você precisa de um programa especializado. Somente um programa assim terá exatamente as suas necessidades.

 

ESTOU GRÁVIDA – AGORA É HORA DE TREINOS ESPECIALIZADOS!

Muitas gestantes chegam com a dúvida … Posso continuar o Crossfit, posso continuar a correr, posso continuar com a musculação?

Minha resposta é simples … A resposta é NÃO!!

De que forma essas modalidades vão te ajudar na gravidez? Será que elas tem os exercícios que você precisa para preparar-se fisicamente para o parto, ou prevenir dores, ou te deixar com a barriga no lugar certo, ou trabalhar sua postura?

Por isso sempre reforço num programa especializado !

E exatamente por isso, reforço que meu programa gestante – Gravidez em Forma << CLIQUE AQUI >> – é exatamente o que você precisa!

Além de te ajudar no controle de peso por ter a intensidade certa, ele previne os desconfortos comuns, com toda a segurança que você precisa. Só de saber que você tem exercícios selecionados e que irão diminuir o risco de você ter diástase, já deveria ser um dos motivos para sua opção de mudança de treino.

 

DIÁSTASE NA GRAVIDEZ

Infelizmente os profissionais não saber como evitar a diástase e usam exercícios sem se preocupar com esse mal, justamente por que não tem a mínima visão e conhecimento de que é possível sua barriga ficar dessas formas abaixo.

 

Estrias - flacidez como evitar

 

Há enormes benefícios para manter seu programa de exercícios especializado durante a gravidez.

O exercício físico realizado de forma regular melhora a sua condição física e reduz os fatores de risco associados à gravidez. Ele também pode aliviar muitos dos efeitos colaterais desagradáveis do início da gravidez, tais como fadiga e náuseas.

Uma das funções mais importantes do exercício na gestação é a sua capacidade para reduzir o stress e melhorar a sem bem-estar emocional e mental. A gravidez por si só pode ser estressante.

Durante a gravidez, você também está lidando com os efeitos que essa nova realidade irá ter no seu relacionamento com o mundo. Seus sentimentos, medos e expectativas sobre si mesma, sua família com a chegada do seu bebê também são importantes. Para tornar as coisas um pouco mais complicadas, as suas emoções podem ser afetadas pelas mudanças hormonais que estão ocorrendo, deixando-a mais sensível. Isto é especialmente verdadeiro durante o primeiro trimestre de gestação.

O exercício realizado todos os dias tem que ser reavaliado, pois terá que ser bem adaptado para que você não se canse acima do ideal. Uma rotina de 3 a 4 vezes por semana (conforme sua condição física prévia) também é bem vista. E essa frequência correta irá ajudá-la a reduzir o estresse, combater a fadiga e estabilizar suas emoções.

 

Cuidados e recomendações para prática de exercícios no primeiro trimestre:

  • Se o seu exercício regular envolve esportes de contato ou de equilíbrio – como skate, sugerimos que não seja realizado durante a gravidez, para evitar qualquer quedas, lesões e traumas na região abdominal.
  • Sempre realize aquecimento antes da atividade principal.
  • Use um sutiã que ofereça um bom apoio para proteger as mamas, especialmente se estiver sentindo desconforto.
  • Beba bastante água durante o treino. Não faça exercícios com o estômago vazio. Comer um lanche leve 30 minutos antes do exercício é interessante.

 

Então nesse artigo, você já percebeu o quanto é bom fazer exercícios para você e seu bebê.

Não importa em que fase ou trimestre você esteja. Se houver a liberação do seu médico, comece!

 

Você pode aproveitar e ter o programa que realmente cuidará de você. Que te ajudará a manter-se em forma da gravidez até o pós-parto.

Então não perca essa oportunidade de acessar agora o botão abaixo para aderir ao único programa especializado para você fazer em casa ou na academia.

Te espero lá!!!

Conheça esse curso incrível (1)

5 Perguntas que as mamães fazem após a gravidez

Por Gizele Monteiro – Coach de Mamães by Pós-parto em Forma

 

As “5 perguntas que as mamães mais me fazem no pós-parto”

Como personal gestante – coach de mamães, tenho sempre que esclarecer muitas dúvidas quando elas me procuram. Selecionei as 5 dúvidas – perguntas mais frequentes que me chegam pelas redes sociais ou até mesmo em meu e-mail.

 

Pergunta 1. Estou amamentando e engordando! O que eu faço?!!

Amamentação ajuda a emagrecer

Dúvida muito comum mesmo e acontece com grande parte das mamães, o que faz bater aquele desespero.

Bom, a primeira coisa a entender é que a amamentação é uma forte aliada à volta do peso – emagrecimento – e no gasto calórico. Ela gasta muitas calorias!!

Se você está amamentando e não está emagrecendo ou até mesmo (o pior) … está engordando … é porque está se alimentando de forma errada. Entenda que alguma coisa na sua alimentação não está certa.

Então você precisa entender como se alimentar e como é a sua visão de uma alimentação saudável, por isso pare e faça essa análise agora. ANOTE TUDO O QUE VOCÊ ESTÁ COMENDO.

Será que realmente a sua alimentação está saudável e atendendo as necessidades nutricionais suas e do seu bebê?

Com certeza você achará erros e identificando esses erros você verá que irá voltar ao seu peso.

Vou citar alguns aqui que constantemente vejo em minhas alunas e consultorias que realizo:

  • beber refrigerantes,
  • comer muitos doces e pães,
  • beliscar ao longo do dia
  • ficar muito tempo sem comer e quando vai comer, enche o prato
  • comer demais porque tem “fome” por causa da amamentação

 

Aliás “essa fome” merece um destaque.

“Algumas mamães se queixam que ficam com uma fome insuportável depois de amamentar. De fato isso pode acontecer, mas cabe a você então comer adequadamente. O que acontece é que a maioria se entope de besteira ou bate o maior pratão de pedreiro … alimentos que não são nada saudáveis ou uma quantidade muito acima do que você precisa. E uma coisa também fica clara quando vejo mamães que não sentem essa fome avassaladora … normalmente elas comem adequadamente e não ficam longos períodos sem comer, são mais disciplinadas em observar seus horários de se alimentar. Tenho mamães inclusive que ingerem alimentos enquanto amamentam … frutas secas, oleaginosas, um suco, uma fruta. Então você pode perceber que a “disciplina é fundamental nessa fase”.

 

 

A segunda coisa importante é ser ativa, isto é, incluir uma rotina de exercícios no seu dia, nem que seja em casa. O exercício ajudará não só na volta do peso, mas também a equilibrar o que você está ingerindo. O exercício também aliviará na ansiedade de estar dentro de casa – “trancada” – que normalmente te faz descontar na comida. Esse equilíbrio te ajudará também a se sentir mais bonita e de bem com seu corpo.

 

Pergunta 2. Posso fazer dieta amamentando?

Dietas restritivas – radicais, da moda, ou com baixo aporte calórico não são indicadas após a gravidez. Até mesmo porque você tem uma necessidade aumentada justamente por causa da amamentação. Então se você está se alimentando de forma saudável, o peso naturalmente voltaria ao que você tinha. Se isso não está acontecendo, meu conselho é procurar uma nutricionista para ajustar sua alimentação. Sua “dieta” será uma alimentação saudável e adequada para a sua fase. Eeee lembre-se seja ativa, faça exercícios.

 

Pós-parto em Forma

Pergunta 3. Para voltar ao meu corpo é só amamentar??!!

Em uma postagem recente que fiz, vi várias mães comentando … para voltar ao corpo basta amamentar.

Bom minha resposta é clara e objetiva … NÃO … NÃO BASTA!

Amamentar ajuda na sua volta do “PESO”  e não do seu “CORPO”.

Volta do peso e Volta do corpo são coisas completamente diferentes!!!

Tanto que atendo várias mamães com meu programa para a volta da barriga, que estão magras, mas suas barrigas estão como se tivessem grávidas de 3-4 meses … algumas até de 6 (conforme comentam rsrsrs).

A volta do corpo envolve um conceito muito maior, pois é a volta de todo o seu corpo … barriga, bumbum, postura, prevenção de dores, assoalho pélvico. Por isso meu projeto é um programa completo … o programa Pós-parto – Mães em Forma faz a volta e recuperação completa do seu corpo.

Pode ser que você até fique feliz com o que está fazendo, mas não significa que seu corpo tenha voltado totalmente.

 

Pergunta 4. Estou amamentando, posso fazer exercícios? O exercício não prejudica a amamentação?

Sim, pode fazer exercícios se você está amamentando!

Esse medo, é bem comum, mas adianto que um programa especializado e que atenda realmente as suas necessidades não comprometerá em nada a amamentação. A intensidade e o volume da atividade associado a hidratação adequada garantem que você mantenha a amamentação durante o período que desejar e fluir conforme o seu corpo.

Há muitos anos atendo mamães nos mais diferentes perfis e o exercício do meu programa nunca interferiu na amamentação, por isso se você ouviu ou tem outra experiência, algum erro aconteceu.

 

Pergunta 5. Depois de quanto tempo do meu parto eu posso fazer exercícios?

Hoje tem mudado muito o tempo de liberação dos médicos para que a mamãe volte ou inicie os exercícios.

Atendo mulheres que em 30 dias pós-cesárea já estão liberadas pelos seus médicos para voltarem para atividades leves como caminhada ou exercícios posturais ou braços.

Mas o comum ainda entre os médicos é:

30-40 dias para parto normal e 40-60 dias para cesárea.

Só fique em alerta que mesmo que seu médico libere para a prática, essa deve ser adaptada para as novas condições do seu corpo.

Você não deve voltar a fazer os mesmos exercícios de antes da gravidez. Seu corpo agora é outro, tem outras necessidades, está totalmente instável. Como um treino de uma mulher que não estava grávida pode te ajudar? Não irá!

Inclusive pego casos seríssimos de diástases pioradas com os treinos de pilates e musculação. Isso acontece porque um profissional sem um olhar de especialista não consegue entender a nova necessidade do seu corpo e nem como recuperá-lo. Seria a mesma coisa que você procurar um clínico geral para ver sua lesão de joelho.

O programa ideal, começa a recuperar seu corpo a partir da barriga, iniciando pela avaliação da diástase.

Você já viu se tem diástase?

Se você não sabe se tem a diástase, pode fazer o teste com meu e-book gratuito. Basta clicar no botão abaixo e se cadastrar para que eu possa te enviar.

 

 

E se você deseja ter um programa que te ajude nesse passo a passo para ter seu corpo de volta … Conheça o Pós-parto – Mães em Forma!

 

Clique no Link e seja direcionada para o programa que deixará seu corpo e sua barriga incrível!

 

<< QUERO CONHECER O PROGRAMA PÓS-PARTO-MÃES EM FORMA >>

 

 

 

Exercícios para gestantes durante o primeiro trimestre

  • Primeiro trimestre – Orientações e cuidados nos Exercícios para gestantes

 

O primeiro trimestre da gravidez traz uma grande insegurança!

Existem vários benefícios por você manter um programa de exercícios durante sua gravidez, mas será que ele pode ser feito no primeiro trimestre?

O exercício realizado de forma segura, ajuda a manter sua condição física com o passar dos meses da gestação.

Ele também reduz o risco de desenvolver doenças como diabetes e a hipertensão, além claro, do ganho de peso excessivo que leva a obesidade ou ao sobrepeso.

 

Exercícios também são poderosos para aliviar muitos dos efeitos colaterais desagradáveis ​​que você já pode até estar sentindo mesmo no início da sua gravidez, tais como o cansaço, sono e enjoos.

 

Programa Gravidez em Forma – na sua casa

 

“Uma das maiores dúvidas assim que você descobre a gravidez é se pode CONTINUAR COM SUA ROTINA DE EXERCÍCIOS“.

 

 

  • Depois de passar pelo médico

 

Bom, a primeira coisa se você descobriu sua gravidez agora, é passar no seu médico e aguardar a liberação dele.

Feito isso, algumas observações e mudanças são necessárias …

1. reduzir a carga de treino, seja no tempo ou na carga

2. adaptar seus exercícios preservando as articulações e postura

3. incluir exercícios posturais e para fortalecer seu períneo

4. trabalhar músculos especiais para as mudanças da gravidez

 

Para que você possa se sentir segura, é bom saber que existe um profissional especializado e também um programa especializado. Os programas de exercícios na gravidez precisam ser adaptados conforme os pontos acima mencionados.

 

 

 

Você pode conhecer o programa Gravidez em Forma clicando na imagem acima!

 

  • Importância de um programa especializado e adaptado

Uma das funções mais importantes de um programa de exercícios especializado na gestação é adequar tudo da forma que você precisa, além de se preocupar também em controlar seu stress físico e mental e com isso melhorar a sem bem-estar emocional.

Muitas gestantes ficam ansiosas e descontam na comida e dessa forma perdem o controle do peso.

A gravidez por si só pode ser estressante.

A gravidez é cercada por sentimentos, medos e expectativas sobre si mesma, sua família, a chegada do seu bebê. E o exercício fantasticamente é um meio de ajudar a controlar toda essa ansiedade.

 

  • O primeiro trimestre

Isto é especialmente verdadeiro durante o primeiro trimestre de gestação.

Mas lembre-se: você não pode continuar ou iniciar sem sua liberação médica.

Você sabia que o exercício é bom para seu bebê também?

SIM! Estudos já mostram que bebês nascidos de mães que fazem exercícios durante a gravidez pode beneficiar pela alta oxigenação promovida pelo exercício. Mas para isso deve estar na INTENSIDADE CORRETA, principalmente no primeiro trimestre que é o momento de formação do seu bebê.

Esse também é um cuidado do programa especializado – Gravidez em Forma.

Os estudos mostram que Bebês de mães que se exercitam são mais magros e podem ter melhor desenvolvimento neuropsicomotor.

 

Benefícios para você desde o primeiro trimestre:

  • controle de peso
  • melhora do funcionamento do seu coração (e do seu bebê também)
  • melhora do seu humor e da sua disposição
  • manutenção da sua condição física e sua força
  • recuperação mais rápida no pós-parto.

 

Orientações sobre a prática de exercícios para gestantes no primeiro trimestre:

  • Nem exercício será bom! Se o seu exercício regular envolve esportes de contato ou de equilíbrio – como skate, não devem ser realizados durante a gravidez, para evitar qualquer quedas, lesões e traumas na região abdominal. Essa informação segue as diretrizes das maiores autoridades de pesquisa – o Colégio Americano de Ginecologia e Obstetrícia.
  • Realizar aquecimento antes da atividade é importante.
  • Use um sutiã que ofereça um bom apoio para proteger as mamas, especialmente se estiver sentindo desconforto.
  • Beba bastante água durante o treino.
  • Não faça exercícios com o estômago vazio.

 

Tenha cautela na prática de exercícios

Embora o exercício durante a gravidez seja geralmente seguro no primeiro trimestre de gestação, as mães ingressarem em um programa de exercícios devem estar ciente dos sinais de alerta.

Se algum destes sintomas ocorrer, pare o exercício e contate o seu médico:

  1. dor abdominal súbita e severa;
  2. contrações uterinas,
  3. tonturas,
  4. hemorragia vaginal.

Outros sinais a serem observados são:

  1. a diminuição da atividade fetal,
  2. distúrbios visuais,
  3. dormência em qualquer parte do corpo.

 

DEPOIMENTO DE ALUNAS DO PROGRAMA

Se você ainda tem medo ou dúvida de continuar ou iniciar um programa de exercícios, veja o depoimento da Dra. Giovana Portella, médica pediatra. A Dra Giovana foi aluna do Gravidez em Forma. Assista o vídeo e conheça mais o programa especializado que te ajudará a ter todos esses benefícios  << Clique aqui para saber mais  >>