Pilates na gravidez – Tudo que você precisa saber

Pilates na gravidez - Tudo que você precisa saber
Pilates na gravidez – Tudo que você precisa saber

Hoje eu quero falar sobre o Pilates na Gravidez – Tudo o que você precisa saber! Quero contar o que o criador do método Pilates, Joseph Pilates, dizia sobre a prática para gestantes.

Para Joseph as mulheres que não são treinadas no seu método antes da gravidez não deveriam praticar Pilates na gravidez.

Mas Gizele, então o que aconteceu? Por que indicam Pilates na gestação?

O problema e mudança do conceito – O método Pilates desde que chegou ao Brasil além de popularizar, também sofreu algumas adaptações, alterações e modificações tanto no que se diz a respeito do conceito, como também na forma original de executar os exercícios.

O método original do Pilates é considerado uma atividade intensa de grande ação sobre a musculatura do core – músculos do centro do corpo, conhecida dentro do Pilates como “power house” (que envolvem os músculos abdominais, o períneo – assoalho pélvico – e musculatura das costas).

Justamente esse músculos sofrem muitas mudanças na gravidez. Por isso exigir mais dessa região poderá causar muita sobrecarga e consequências para seu corpo, principalmente para a barriga.

Nos últimos anos teve um aumento da demanda para a prática do Pilates para gestantes. O problema é que essa demanda alta fez com que surgissem muitos cursos de formação profissional, e muitas sem os cuidados que são necessários para formar profissionais em uma prática tão complexa. Com isso vi muitas aulas sendo ministradas para gestantes, com cursos curtos de fim de semana e o pior é que esses profissionais não tinham o preparo e domínio da fisiologia e biomecânica que uma gestante precisa.

O problema

Então 2 coisas ficam evidentes aqui:

1. se você não é praticante do autêntico Pilates (o Pilates que é a marca verdadeira do Joseph por pelo menos seis meses, não é na gravidez que você deve começar.

2. Tudo o que for feito fora do autêntico Pilates deve ser analisado o domínio e conhecimento do profissional sobre conceitos da gravidez e exercício.

Diástase Abdominal na Gravidez

Seguidamente nas minhas redes sociais eu recebo mensagens de mulheres que praticaram o Pilates (não o autêntico) na gestação ou no pós-parto e ficaram com Diástase.

A diástase abdominal ocorre na gravidez, mas ela pode ser evitada, para não se tornar um problema maior depois da gravidez.

Porém a diástase somente pode ser evitada ou revertida com exercícios especializados. Modalidades como Pilates, Crossfit, exercícios comuns de academia … não são próprios para diástase podendo agravar o quadro, ou seja, piorando a estética da sua barriga.

Durante a gravidez os músculos da barriga da mulher se abrem como em dois para que o bebê tenha espaço. Essa abertura, esse alongamento dos músculos é um processo normal. Porém em 60% das mulheres, após o parto, esse músculo que deveria voltar ao lugar também de forma natural, acaba não voltando.

Por isso muitas mulheres não conseguem ter sua barriga de volta. A diástase não melhora sem exercícios certos. Dessa forma a maioria das mamães depois da gravidez não conseguem recuperar a barriga.

Então muitas mulheres sem saber que a diástase pode ser revertida com exercícios especializados, acabam recorrendo a modalidades que não vão ajudar e somente vão agravar mais a aparência da barriga.

O segredo é prevenir a diástase durante a gravidez. Com um programa especializado para atender todas as necessidades da mulher durante a gestação, porque isso é possível.

A reversão depois da gravidez também é possível, porém exige muitos cuidados da mulher, e o primeiro deles é parar com qualquer tipo de exercícios que não seja especializado para diástase.

O que você precisa nessa fase é de um programa especializado.

Riscos do Pilates na gravidez

Se você estiver fazendo Pilates com um profissional que não é bem qualificado, os riscos que você corre são grandes. veja:

No Primeiro Trimestre – Você pode sofrer aborto, por causa da contração intensa do Power House – músculos abdominais – essa contração pode estimular a atividade de contração do útero.

No Segundo e Terceiro Trimestre – Por causa vido dos exercícios e o acionamento do “power house”, os riscos são:

  • Desenvolver diástase abdominal (o peso do bebê + posição invertida ou torcida + ação da gravidade “separa” os músculos abdomais);
  • Incontinência urinária (peso do bebê + gravidade + musculatura fraca + diminuição da nutrição local + pressão sobre a bexiga);
  • Parto prematuro pelo mesmo motivos acima.

Por que o Pilates não previne a a Diástase na gravidez?

Existem vários exercícios maravilhosos do Pilates porém o método em si não é organizado para uma gestante.

Para prevenir a diástase, além de exercícios selecionados para que você não ganhe uma diástase com o próprio exercício, é essencial que a estrutura de aula seja feita para prevenir a diástase.

Como comentei anteriormente, não há uma fundamentação adequada das mudanças no corpo da gestante.

Então como o profissional vai fazer essa organização?

Exatamente! Não faz!

Então o Pilates aplicado hoje não está organizado para prevenir durtante e muito menos reverter uma diástase depois da gravidez.

Porque o método aplicado não está ORGANIZADO para essa prevenção 🙁

Programa Gravidez em Forma – Gravidez Sem Diástase

Então para ajudar as gravidinhas nesse momento. Eu preparei uma série de vídeos gratuitos explicando sobre a prevenção da diástase.

São vídeos que te ajudarão a entender como a diástase acontece, como evitar a diástase com exercícios, as consequências da diástase no seu corpo e por que um corpo treinado da forma certa tem uma recuperação mais rápida e eficiente.

Essa série é um Presente que te guiará nos passos iniciais e que foi preparada com todo carinho por mim.

São palestrar com linguagem simples para você ter uma Gravidez em Forma e Sem Diástase e assim um  retorno do corpo e da barriga no Pós Parto como as Famosas”

Então clique no botão abaixo e tenha acesso a essas super dicas e tenha uma gestação segura, previna a diástase e garanta um pós-parto com recuperação rápida.

Gizele Monteiro

Gizele Monteiro

É a maior especialista em Diástase e recuperação da barriga.
Criadora dos Programas Online Mães Sem Diástase e Gravidez Sem Diástase, já ajudou mais de 15 mil mulheres a conquistarem o sonho de ter a barriga reta, reverter a diástase sem cirurgia, sem remédio, sem tratamentos estéticos...

Gizele Monteiro

Consultora de celebridades e programas de TV.  Se tornou especialista em diástase e recuperação da barriga após a gravidez. Há 20 anos atuando e estudando sobre o controle de peso na gravidez e na volta do corpo da mulher após a maternidade. Fez mestrado na UNIFESP sendo pioneira e referência sobre Exercícios para Mães e Recuperação do corpo após a maternidade no Brasil e na Europa

Conheça Nossa Página

Canal do Youtube

Descubra Como Ter a Barriga Reta Após a Gravidez

Teste da Diástase: Veja como fazer!

Faça o Teste e Descubra se Você tem Diástase

Descubra Como Evitar a Diástase na Gravidez Com essa Série Gratuita