Abdominal hipopressivo pós gravidez – riscos e evidências

Abdominal Hipopressivo pós gravidez – quais os riscos que ninguém conta? Existem evidências da sua eficácia?

Por Gizele Monteiro – Personal Gestante

O abdominal hipopressivo chegou na mídia graças ao intenso trabalho nas redes sociais, mas será que ele é bom?

Aqui mesmo no blog já me posicionei sobre os exercícios hipopressivos depois a gravidez.  CLIQUE AQUI PARA LER!

Em minha explanação abordo vários aspectos do corpo pós gravidez que vejo serem riscos para a saúde da mulher.

As grandes e profundas alterações biomecânicas e fisiológicas da gravidez inclusive não combinam com essa técnica.

Em 2017 inclusive saiu um importante artigo de revisão no British Journal of Sports Medicine. Esse trouxe um posicionamento de uma das maiores autoridades em assoalho pélvico – a pesquisadora Kari Bo, e seu co-autor Saul Martin-Rodríguez da escola de treinamento físico COLEF em Las Palmas de Gran Canaria, Espanha.

Parecer dos pesquisadores:

A ginástica hipopressiva, também conhecida como técnica abdominal hipopressiva, então indicada para ajudar mulheres com incontinência urinária e prolapso.

Há 30 anos essa indicação acontece, porém até agora há pouca evidência científica sobre a técnica.
_____________
📍Apenas 2 estudos testaram a eficácia do abdominal hipopressivo comparada com outro regime de fisioterapia.

Nenhum dos 2 observou benefício extra, de acordo com os autores da “discussão”.
____________
📍Os autores concluem que sem evidências adequadas, não se deve prescrever a hipopressiva, além do tradicional para o assoalho pélvico.
__________
📍Há evidências e estudos que mostram a efetividade do treinamento tradicional do assoalho pélvico tanto na incontinência urinária quanto prolapso de órgãos pélvicos.

“Devemos antecipar que profissionais devem ser atualizados nesses estudos e seguirem protocolos baseados em evidências, além dos anos de experiência clínica”, acrescentou Kari Bo.
__________
📍Profissionais que não estão atualizados e prescrevem tratamentos não comprovados estão violando a responsabilidade que eles têm com seus pacientes”.

Essas são as observações de Kari Bo e Martin-Rodriguez.

❌ x ✅ Riscos X Benefícios do abdominal hipopressivo:

✅ Os profissionais descrevem que a técnica enfatiza a respiração e a POSTURA.

Segundo eles, o objetivo é ativar os músculos do assoalho pélvico, bem como o músculo transverso do abdomen.
________________
❌ RISCOS: É possível que este exercício possa piorar certas condições, principalmente a dor pélvica crônica, de acordo com Amy Stein. Amy Stein é fundador da Beyond Basics Physical Therapy em Nova York e presidente da International Pelvic Pain Society. “Para dor pélvica crônica você deve relaxar os músculos assoalho pélvico, mas na ginástica hipopressiva diz para contrair o assoalho pélvico”.
_______________
❎ O treinamento do assoalho pélvico inclui contração dos músculos, mas a fase de relaxamento do exercício é igualmente importante!
_______________
❌ “Nos pacientes com dor, esses músculos estão encurtados e realizar a ginástica hipopressiva poderá encurtar ainda mais.

Envolver demais o assoalho pélvico poderia levar a disfunções nesses músculos, problemas nas coluna e dor abdominal”, continua Stein.
______________
❌ O abdominal hipopressivo  está ganhando popularidade por causa de sua forte presença nas redes sociais, projetada para atrair profissionais para prosseguir uma “certificação”, disse Kari Bo.

O QUE FAZER QUE SEJA SEGURO?

Durante anos fisioterapeutas tem atuado de forma fantástica nessa área de assoalho pélvico, além de estudos, muita experiência clinica.

Portanto, se você está sofrendo com incontinência ou apresenta problemas pélvicos pós gravidez, busque esse especialista para atuar com tratamentos tradicionais.

Aqui em São Paulo indico a Donna Fisio para avaliar e cuidar do assoalho pélvico desde sua preparação na gravidez até recuperação no pós gravidez.

Diástase X Hipopressivos

Esse grupo de alunas – MÃES desde o pós-parto até anos pós gravidez não indico a prática desse método.

O post que escrevi aqui no BLOG esclarece todos os pontos que não concordo com a técnica.

É importante entender que essa posição se baseia em estudos de fisiologia e biomecânica da gravidez, além dessas referências internacionais que são base do meu trabalho.

Então seja para diástase ou seja para tratamentos do assoalho pélvico, não indico essa técnica.

Programa para Diástase:

O programa online Pós-parto – Mães em Forma foi idealizado respeitando cada necessidade e mudança do seu corpo.

Portanto ele foi elaborado para atender cada tipo de barriga que ficou depois da gravidez.

Para conhecer mais os vários resultados então clique o botão abaixo, siga com seu cadastro.

Você será direcionada para a página de apresentação do programa.

 

FONTE do ARTIGO de REVISÃO: 

Saúl Martín-Rodríguez, Kari Bø. Is abdominal hypopressive technique effective in the prevention and treatment of pelvic floor dysfunction? Marketing or evidence from high-quality clinical trials?  British Journal of Sports Medicine, 16, 2017.

Diástase pós-parto: tudo o que uma mãe precisa saber

A diástase pós-parto pode estar sendo a causa da sua tristeza e da sua baixa auto-estima sabia?

Por mais alegria que um filho traga há algo na nossa auto-estima que fica afetado quando o corpo está transformado.

Ainda mais quando o tempo passa, você até recupera seu peso, mas a barriga insiste em ficar. Você recorre a dietas, tratamentos e nada da barriga sumir.

Até que você descobre que está com uma diástase pós-parto.

Mas a alegria dura pouco por que te falam que sua barriga só vai voltar com uma cirurgia.

 

ERRADO !!! COM EXERCÍCIOS CERTOS E ESPECIALIZADOS É POSSÍVEL VOCÊ TER A DIÁSTASE PÓS-PARTO REVERTIDA!

 

Infelizmente recebo muitas mulheres que se tornam minha alunas e que como você caíram na depressão, vergonha do corpo, não conseguem ir a praia, colocar um biquini ou uma roupa mais justa, tem medo de nunca mais terem seu corpo de volta e não querem passar por uma cirurgia.

Tudo isso por que seu corpo e principalmente sua barriga foram transformados por causa da diástase pós-parto.

O que muitas não sabem é o porquê a diástase aconteceu e qual a solução para ter de volta seu corpo antigo.

Mas para seu alívio, a diástase tem como melhorar.

.

O QUE É DIÁSTASE ?

A diástase é o afastamento que acontece na sua barriga na gravidez.

Portanto esse afastamento é provocado pelo crescimento da sua barriga, para criar espaço para o bebê … isso então deve ser natural.

Mas esse espaço em grande parte das mulheres foge do padrão, ficando grande ou ocorrendo um rompimento do tecido por seus músculos não aguentarem.

Ela tem localização e isso reflete no tipo de barriga, conforme a imagem.

 

Tipos de Diástase e Barriga

 

Esse rompimento ou afastamento acima do natural acontece por que seus músculos não suportam o grande alongamento e volume da barriga.

Existem vários fatores, mas músculos abdominais fracos somados a desequilíbrios do corpo vão fazer a diástase aparecer.

Avalia-se a severidade da diástase pela distância gerada entre os músculos e ela tem – largura, comprimento e profundidade.

Muitos profissionais avaliam de forma errada, considerando apenas a largura como referência.

Você pode aprender como avaliar no meu e-book GRATUITO . Baixe pelo site – clique na imagem!

É exatamente esse rompimento e separação que deixam sua barriga feia e estufada.

A diástase pós gravidez contribui para você ter dor nas costas, problemas de coluna como hérnia de disco ou ciatalgia, hérnia umbilical ou os escapes de xixi.

Isso por que esses músculo tem uma função muito importante de organização o corpo, e sustentar os órgãos e ainda trabalha com relação com o quadril.

 

COMO VOCÊ PODE PREVENIR A DIÁSTASE PÓS-PARTO?

Quando a diástase acontece, nas próximas gestações ela pode piorar.

Muitas mulheres até têm sua barriga de volta e não percebem que a diástase aconteceu, e dessa forma na próxima gravidez ela ficará pior.

Minha orientação como a única especialista que cuida de reverter a diástase e corpo com exercícios funcionais, indico que toda a região seja recuperada e fortalecida.

Nesse vídeo da segunda gravidez você entenderá por que é importante fazer exercícios corretos para recuperar seu corpo o quanto antes.

 

 

Fortalecer toda região com exercícios certos e especializados já é uma das recomendações médicas e o mais importante fazer antes e durante a gravidez. Sempre com exercícios especializados!

E por que estou frisando tanto sobre exercícios especializados?

Por que não são todos os exercícios e modalidades que podem ser feitos.

Muitos exercícios vão piorar a diástase e consequentemente deixar sua barriga mais estufada e maior.

Se você está grávida e quer saber mais – clique aqui!

Infelizmente os profissionais não sabem como fazer essa prevenção. Fato que muitas celebridades vêm sofrendo com esse mal.

A cantora Sandy foi a primeira a relatar a diástase. Ela contou que demorou mais de um ano tentando voltar a ter a barriga que tinha antes da gestação com exercícios.

Claudia Leitte, Giovanna Antonelli , Thais Fersoza estão na lista de celebridades que sofreram com a diástase pós-parto.

Algumas mamães me perguntam: mas como elas tiveram diástase com tantos recursos e acompanhadas por profissionais tão bons.

O fato é que a diástase pode ser evitada e melhorada ou revertida com exercícios certos. Infelizmente muitas ainda desconhecem esses cuidados!

Mas que bom que você pode conhecer !!! E esse é um dos motivos desse artigo e desse canal.

.

O TIPO DE PARTO PODE INFLUENCIAR NO APARECIMENTO DA DIÁSTASE PÓS-PARTO?

Não. A diástase pós-parto pode acontecer em mulheres que tiveram tanto parto normal como cesariana.

Para as gestantes que fizeram parto normal, assim que o médico liberar já é possível saber através de um auto exame se o problema aconteceu.

Para quem fez cesariana, o auto exame só pode ser realizado depois da liberação médica ou desconforto para movimento, pois é preciso esperar a cicatrização dos pontos.

Para iniciar os exercícios também é necessário a liberação médico. O parto normal ocorre por volta e 30 dias. Já a cesárea o comum é a liberação entre 40 a 60 dias. 

Nenhum exercício pode ser iniciado sem essa liberação que ainda pode ser individual.

 

COMO SABER SE VOCÊ ESTÁ COM DIÁSTASE?

Falei acima do auto exame. Para saber se você tem diástase pós-parto, sua localização e quais as medidas que ela tem, você pode aplicar o auto exame.

Assista o vídeo e baixe meu e-book GRATUITO que indiquei acima.

Se houver o rompimento vice sentira sua mão afundar, sentirá um espaço entre os 2 músculos abdominais.

 


Somente a volta de exercícios certos e especializados fará com que esse tecido rompido seja regenerado.

Fazer exercícios tradicionais e gerais NÃO é o caminho para trazer a musculatura de volta ao normal.

 

COMO TER SEU CORPO DE VOLTA?

Quando a diástase é funcional sua barriga recupera sozinha.

Porém quando ela ultrapassa os limites ou há o rompimento do tecido que sustenta e separa os músculos abdominais, sua barriga não voltará sozinha. FATO!!

A diástase na grande maioria não apresenta sintomas, mas pode gerar vários incômodos que nem todos estão atentos, mas são por causa da diástase.

Esse desequilíbrio do corpo gerado pela diástase causa dor nas costas, escapes de xixi, hérnia umbilical, hérnia de disco, além da sua estética comprometida.

Portanto saber o que fazer e ter os exercícios certos e especializados será o caminho.

E importante … fazer exercícios errados irá piorar seu quadro.

Fuja de abdominais tradicionais, pranchas, agachamentos com barra nas costas, burpees, além disso, os aeróbicos … corrida, pular corda, jump … e etc!!!

 

UMA ESPECIALISTA E REFERÊNCIA PARA TE AJUDAR!

Gizele Monteiro no Programa Você Bonita

“Durante anos estudando no mestrado e mais os vários anos de experiência acadêmica e em atendimento, me levaram a achar um caminho para recuperar a temida diástase.

Ao me deparar com a grande necessidade das mulheres, elaborei um método e um programa que pode ser aplicado em qualquer lugar, inclusive no conforto da sua casa.

Eu como mãe, portanto sei muito bem que muitas vezes é complicado sair de casa, ainda mais para treinar!

Ou ao voltar do trabalho ainda ficar com o coração partido entre deixar sua família pra ir para academia.

No final … a família e as tarefas acabam vencendo.

Gizele Monteiro no programa Pós-parto – Mães em Forma

Só quem tem filhos sabe o quanto abdicamos e a opção de fazer treinos em casa é uma grande solução.

E o melhor … por ter elaborado um programa com todos os cuidados, você não precisará se preocupar com exercícios errados.

Cuidado por que muitos programas online mostram imagens de mães treinando, mas não tem nada de especializado.

Meu programa foca diástase e recuperação da barriga, postura, períneo, esculpir o corpo e também tem circuitos detonadores de gordura para quem precisa emagrecer.

Além disso, ponto muito importante – NÃO PREJUDICA a amamentação.

O Pós-parto – Mães em Forma é 100% online.

Então esse programa é uma opção eficiente, rápida e fácil para sua rotina. Você faz em casa, perto do bebê, ou quando ele estiver dormindo.

Para saber mais do programa clique no botão abaixo e siga com seu cadastro para ver a apresentação do programa …

 

 

 

 

Diástase Abdominal na Gravidez

Diástase abdominal na Gravidez?! É possível reverter ou melhorar a diástase durante a gravidez?

Por Gizele Monteiro – Personal Gestante

.

Embora eu adorasse dizer “sim é possível reverter”, na verdade recuperar a diástase abdominal na gravidez não é algo possível de se fazer, afinal sua barriga está em expansão.

 

“SÓ SERÁ POSSÍVEL REVERTER A DIÁSTASE DEPOIS DO

PARTO E DA LIBERAÇÃO MÉDICA PARA EXERCÍCIOS.”

 

Isso por que toda a evolução do volume da barriga por causa do crescimento do bebê não torna o momento favorável pois há alongamento e abertura dos músculos.

Como conter a diástase na gravidez?

No entanto, existem várias coisas importantes que você pode fazer durante a gravidez para ajudar a conter a piora e assim minimizar essa separação abdominal.

Manter seus músculos abdominais fortes com “exercícios certos e especializados”, a estabilidade postural, seu períneo forte são portanto os pontos importantes do corpo para você incluir exercícios.

 

 

O programa online Gravidez em Forma tem exercícios com esses objetivos. Foi uma preocupação quando elaborei o programa e inclui tudo o que testei e aprovei com minhas alunas. Hoje o mesmo acontece com minhas alunas à distância que participam do programa online.

Esses detalhes fazem total diferença na contenção da diástase, a diminuir dores e desconfortos!

Outro ponto interessante e que também vejo nas minhas alunas, é a rápida resposta na recuperação. Fortalecer os músculos profundos do abdômen adequadamente durante a gravidez, não só minimizam a diástase abdominal,  ajudam na regeneração e recuperação depois do bebê!

E não esquecendo do períneo … manter uma boa força e consciência do períneo ajuda a manter a pelve estável. Esse equilíbrio também ajudará a conter a diástase.

Se o períneo estiver fraco, toda a barriga e postural ficarão alteradas.

De novo, esse trabalho especializado fará uma recuperação mais rápida no pós-parto, além de também ajudar no trabalho de parto.

Então toda essa memória muscular desempenha um papel fundamental na recuperação após o nascimento do bebê.

 

DIÁSTASE ABDOMINAL NA SEGUNDA GRAVIDEZ

Se você está grávida e sabe que tem a diástase, nem pense em deixar para recuperar depois.

O famoso … Ahhh depois eu corro atrás! Ahhh depois eu recupero!

 

NÃO COMETA ESSE ERRO!

 

Com as mudanças da primeira gravidez + diástase seu corpo não só irá piorar na estética, mas também haverá muito mais chance dessa diástase piorar a postura, dores nas costas e provocar sequelas maiores como incontinência urinária ou até prolapso de órgãos.

 

Preparei um vídeo especial para falar um pouco desse segunda gravidez e da recuperação do corpo.

Clique pra assistir!

 

Então se você deseja conter sua diástase e manter-se bem para recuperar o mais rápido possível, clique no botão para conhecer o programa Gravidez em Forma. Siga como cadastro no link para ser direcionada para a página de apresentação do programa!

 

 

 

Segunda gravidez – barriga maior é normal?

Segunda Gravidez – barriga maior é normal?

 

Quem já não viu todas falando … Ah minha barriga nessa gravidez está aparecendo muito mais rápido, está maior!! Mas será que isso é normal?

Sabe o tema – “recuperar-se depois da gravidez ou se preparar para a nova gravidez” é totalmente desconhecido pelas mulheres !!!

As mulheres não sabem que precisam se preparar para a próxima gravidez!

Constantemente ouço … Mas não é melhor eu esperar, engravidar e depois cuidar e me recuperar tudo de uma vez?

 

Quando vejo alguém falando isso eu até vontade de chorar e falar … querida não faça isso!

Ao contrário … Você precisa agir agora!
Percebi que muitas mulheres não sabem e não entendem a importância de recuperar seu corpo para uma próxima gravidez.

Recebo diariamente mensagens com as mesmas queixas em minhas mídias. Segue um exemplo …

 

Relatos de piora da barriga após segunda gravidez
Relatos de piora da barriga após segunda gravidez

 

Por isso resolvi escrever esse artigo!

Você imaginaria que seu corpo poderia ficar pior numa próxima gravidez ?! ??
Nunca não é verdade ?!
E muitas que percebem seu corpo alterado ainda cometem o pior erro de todos … pensam … “Ah eu engravido de novo e depois arrumo tudo numa plástica!”
.
Se você é uma das que pensa assim vou te alertar !! JAMAIS, vou repetir , JAMAIS cometa esse erro.

Vou listar abaixo o que pode acontecer com seu corpo :

 

1. DIÁSTASE

A diástase irá aumentar. Mesmo que você ainda não a tenha percebido, ou também você tinha ficado com uma muito pequena da gravidez anterior, ela poderá aumentar justamente porque toda a região está fraca e instável.

Há grande queixa das minhas seguidoras e alunas que só perceberam a diástase na segunda gravidez, mas na verdade toda a região já estava suscetível ou ela já estava aí e apenas você não tenha percebido.

….

 

2. PELE FLÁCIDA

Sua pele poderá ficar mais flácida e sobrará mais pele.
Sabe aquela pele sobrando ?! Como seus músculos estão fracos e não fazem mais o suporte, a sustentação pra pele, ela será mais alongada ainda e esse desgaste a deixará mais flácida e com mais sobra. Então o momento de conter isso é antes da gravidez, fazendo seus músculos se recuperarem e serem o novo suporte para a próxima gravidez. Sabe aquela frase comum … “na segunda gravidez a barriga aparece mais rápido . Parte disso acontece por que esses músculos estão fracos.

 

Segunda gravidez – flacidez na barriga

3. ESTRIAS

Estrias – a estria aparece quando a pele é muito alongada. Então a flacidez irá contribuir para elas aparecerem ou “piorarem” nessa segunda gravidez.

Lembro que os tratamentos para a pele são os mais caros e a pele a que menos se vê efeitos. Então entenda o que estou falando com muito carinho por que sua auto estima poderá ser muito abalada.
Lido todos os dias com mulheres que ao se depararem com a realidade do seu corpo, não conseguem se aceitar. E isso acontece por uma “simples falta de conhecimento, falta de saber o que e como fazer”. E eu posso te ajudar !!

….

 

4. ESCAPES DE XIXI

Escapes e perdas de xixi.

Quem sustenta e controla o xixi, é o seu períneo. O períneo quase nunca se recupera sem exercícios depois da gravidez. Faça o teste! Tente manter por 30 segundos esses músculos contraídos. Contraia como se fosse segurar para não fazer xixi. Quanto menos tempo conseguir fazer isso, mais fracos eles estarão.
Qual o risco na próxima gravidez? Por que isso é importante?
Quando esses músculos não sustentam bexiga e útero há 2 riscos – aumentar os escapes e você ter uma queda de órgãos – chamado de prolapso.

 

Prolapso do útero

 

5. POSTURA

Sua postura numa segunda gravidez irá piorar e você ter problemas na coluna ou hérnias de disco
Sua postura não só é alterada na gravidez, mas ela continua piorando com os movimentos repetitivos de cuidados com o bebê. Imagine então o que acontecerá na próxima gravidez. Essas sequelas se somam. Muitas mulheres ficam com dores nas costas, dores no quadril, dores nas pernas, pioram uma escoliose. E isso tudo acontece por 3 razões :

Razão 1. Sua postura não foi trabalhada para voltar, então ela irá piorar.
Razão 2. Sua barriga está solta e fraca, então ela não ajudará na volta da postura
Razão 3. Seu períneo está fraco e não sustenta todo o seu corpo e postura.
Cada um desses pontos “PRECISA” ser recuperado antes da próxima gravidez. E esse é o motivo desse artigo !
Te dar o caminho!

….

SEGUNDA GRAVIDEZ – ASSISTA O VÍDEO QUE PREPAREI – CANAL DO YOUTUBE!

….

No vídeo que gravei para o meu canal do YouTube eu explico também com mais detalhes como se preparar para a segunda gravidez e como reverter essa situação da piora do seu corpo e barriga. Assista que vale a pena!

 

E por isso comecei esse artigo dizendo que você precisa agir agora!

As mulheres não sabem disso e por isso ficam tão infeliz com seus corpos.

Então se você quer mudar isso agora e nem correr o risco de ter tudo piorado na próxima gravidez,  eu posso te ajudar com meu programa Pós-parto – Mães em Forma poderá te ajudar. Clique no botão e baixe meu e-book gratuito para saber se tem diástase … na sequência do cadastro você será transferida para a página de apresentação do programa. Lá você encontra todas as informações e apresentação para aderir !!

.

.

PS 1 e 2.

1. Preparei um artigo também completando as explicações do por que a barriga aparece mais rápido e se isso tem como ser contido – clique aqui !!

 

2. Se você está grávida, está lendo esse artigo e pensando … então sou um caso perdido. Clique aqui que tem um artigo explicando o que você precisa fazer e como eu posso te ajudar. Nem tudo está perdido mas é importante você agir agora.

Como ter a Barriga Chapada depois da Gravidez

Barriga chapada depois da gravidez é o sonho de TODA MULHER!

Depois da gravidez então … diria que é o sonho dos sonhos!

Barriga chapada – Circuito detonador de gordura

E na verdade essa região não é só uma das que mais sofre mudanças na gravidez, mas também é a que dificilmente volta.

Se você não souber exatamente o que fazer depois da gravidez poderá ainda ter sua estética piorada.

Mesmo mulheres magras e que ganharam pouco peso, podem ser acometidas de flacidez e os músculos abdominais distantes daquilo que ela tinha. Além disso, além da flacidez, a barriga mole pode ser acompanhada por uma diástase.

 

Diástase Abdominal e a barriga chapada

A diástase abdominal compromete mais ainda a estética tão sonhada.

E engana-se quem pensa que deve se matar de fazer abdominais. Na verdade eles podem piorar a diástase e a estética.

Então para ter a barriga de volta, e ainda mais uma barriga chapada, é preciso ajudar o corpo como um todo a voltar e com os exercícios, mas os exercícios certos !

Uma recuperação em conjunto de abdominais + postura + assoalho pélvico é que realmente darão o resultado da tão sonhada barriga de volta e BARRIGA CHAPADA.

Os exercícios especializados tem efeitos rápidos, desde os primeiros dias do programa, já é possível ver a barriga diminuindo e a cintura reduzindo.

Veja esses resultados de alunas que passaram pelo programa e que tiveram suas barrigas de volta!

 

Resultados do programa especializado para a barriga chapada depois da gravidez

Aluna – resultado da barriga ao final do programa Mães em Forma.

Resultado do programa Pós-parto / Mães em Forma

 

O programa Pós-parto/Mães em Forma é feito para mães desde o momento pós-parto, assim que tiver a liberação médica e NÃO IMPORTA quanto tempo depois da gravidez. É possível sim você ter seu corpo de volta.

Mas antes de iniciar é importante você saber se você ficou com diástase!

Para isso, basta se cadastrar no site que você recebe e-book gratuito – Como ter a Barriga Reta depois da Gravidez.

Ele começa com uma avaliação das condições e recuperação da sua barriga.

<< Cadastre-se AGORA clicando no botão e conheça o e-book e programa >>

 

 

NÃO PERCA MAIS TEMPO!

VENHA DESCOBRIR COM A COACH DE MAMÃES OS SEGREDOS PARA SUA BARRIGA RETA DEPOIS DA GRAVIDEZ

<< ADQUIRA AGORA CLICANDO AQUI >>