Corrida na gravidez. Posso continuar a correr?

Corrida na Gravidez

Corrida na gravidez? Por Gizele Monteiro

Seu dia a dia seguia normalmente, então você descobre … está grávida!

Quanta felicidade, muitos planos, a cabeça gira 360 graus, não é mesmo!?

Ei, p-e-r-a-í !!

Corrida na gravidez by Gizele Monteiro

Será que posso continuar com a corrida na gravidez, continuar a fazer a atividade que tanto amo?

Aqui entre nós: tem muitos mitos em torno da gravidez, então óbvio que com a corrida na gravidez não poderia ser diferente.

Primeiro um alerta: atletas ou não, mulheres continuam se exercitando, praticando a corrida na gravidez, mas muitas sem orientação certa.

Portanto, você precisa ler esse artigo.

Correr é prazeroso, dá uma sensação de liberdade e bem-estar, sem dúvidas, inclusive no programa Gravidez em Forma (www.gravidezemforma.com.br) há um plano totalmente adaptado para você que corre quando seu médico libera. Eu planejei tudo adequadamente conforme o período gestacional, sendo então a prática feita em segurança para você e seu bebê.  Saiba mais!

 

Mas então se meu médico liberar posso continuar com a corrida na gravidez?  

Sempre alerto: aquelas gravidinhas que precisam de repouso por orientação médica NÃO. Já as que correm e são liberadas pelo médico podem SIM.

Há de se ter moderação e observar todos os sintomas.

Assim uma prática moderada e com mudanças especializadas é possível, afinal seu corpo tem outras necessidades.

E o legal é que com essas mudanças e cuidados existem alunas que permanecem correndo normalmente até o oitavo mês.

Mas nada de querer treinar para as olimpíadas, hein?

Embora treinadas possam correr … como ficam as sedentárias?

SE VOCÊ NÃO CORRIA ANTES DA GRAVIDEZ, A ATIVIDADE NÃO ESTÁ LIBERADA!

Para sedentárias então são indicadas atividades com baixo impacto: caminhada, bicicleta ergométrica, alongamentos, exercícios posturais e localizados.

 

O exercício é muito importante para a prevenção de doenças na gravidez como hipertensão e diabetes. Então o programa www.gravidezemforma.com.br  pode te auxiliar a manter-se ativa em segurança nesta busca de uma gravidez saudável.

Também é muito importante na evolução da gravidez, acompanhar como está a diástase funcional e se o corpo está organizado para prevenir a diástase e as alterações posturais.

 

Dicas e cuidados para manter a corrida na gravidez:

Corrida na Gravidez – aluna programa Gravidez em Forma

– Faça uma alimentação balanceada, hidrate-se bebendo muita água e sucos naturais e use roupas leves e tênis adequados para correr.

– Se você sentir tontura ou contrações, pare na hora e avise seu médico.

– Perceba os sinais e do seu corpo e seu instinto: respiração muito ofegante, dor no peito ou barriga, inchaço nas mãos, pés e articulações.

– Sempre deve haver o controle da intensidade através dos seus batimentos cardíacos e sua percepção do esforço que deve ser leve-moderada.

– Não correr se tiver diástase, dores nas costas ou quadril e escapes de xixi.

– Corrida é bem-vinda para grávidas saudáveis e aptas.

– Organize sua postura, fortaleça seu períneo e trabalhe seus músculos abdominais para evitar diástase.

– Inclua exercícios de fortalecimento para costas, pernas, braços. Seu programa deve ser COMPLETO.

– Se descobrir uma diástase na gravidez – PARE COM A CORRIDA!

 

O retorno! E depois do parto? Posso correr?

É muito importante falar que não é recomendado voltar a corrida antes das recuperações essenciais do corpo: diástase, postura, períneo e articulações.

É fundamental respeitar o tempo de recuperação do organismo e ainda levar em conta o tipo de parto.

  • parto normal, a indicação de voltar aos exercícios leves são 30 dias
  • cesárea entre 40-60 dias e para alguns casos 90 dias.

Deve-se iniciar com caminhada, fortalecimento do corpo a partir da barriga,  recuperação da postura e períneo.

É exatamente isso que eu faço no meu programa Pós-parto – Mães em Forma – www.pospartoemforma.com.br

 

Diástase e a corrida

Diástase depois da gravidez

É muito importante realizar o teste e verificar se ocorreu uma diástase com rompimento, aquela que deixa a barriga com a estética comprometida e totalmente fraca. No meu site www.pospartoemforma.com.br você pode baixar meu e-book gratuito onde ensino a fazer o teste e explico as medidas da diástase.

É comum as mulheres voltarem a correr querendo perder a barriga, mas vocês não sabem que a corrida pode prejudicar muito  volta do corpo, aliás você pode piorar a barriga e a diástase natural (afastamento do músculo abdominal). Isso levará a uma diástase com rompimento. Embora o corpo esteja em recuperação ainda existem muitas alterações que também devem ser respeitadas. Então a volta a corrida de maneira precoce só piora o quadro, ainda colocando a coluna e quadril em risco de lesões por causa da instabilidade provocada por essa fraqueza da diástase. Também há muitos casos de agravamento de escapes de xixi – conhecida como incontinência urinária – provocada pelo impacto sobre uma região extremamente fraca e frágil.

Esses quadros todas as mulheres deveriam saber!

Então em hipótese nenhuma corra em qualquer uma dessas condições.

Estando tudo isso ok, já tendo melhorado sua fora e estabilidade do corpo, volte aos poucos com trotes leves e mais curtos até ganhar ritmo, entre 10 – 15 a 20 minutos.

 

CUIDADO REDOBRADO NESSA FASE!

Mesmo para quem corria antes o corpo está completamente, solto e instável.

Articulares, músculos e postura precisam de cuidados.

 

Hidratação

A hidratação é muito importante e principalmente com a amamentação. Está tudo ok para treinar amamentando se a intensidade da atividade e hidratação estiverem corretas.

Correr e amamentar também exige cuidados com as mamas – USE um top com boa sustentação.

 

Benefícios da corrida após a gravidez. Como e quando voltar?

A corrida é uma atividade aeróbica, e essa tem sido indicada para melhorar e prevenir a depressão pós pós-parto.

Há a melhora na autoestima e ajuda também na volta da boa forma, equilibrando o emocional e a volta do peso e do corpo.

 

Assista esse vídeo que está no meu canal e entenda mais sobre a corrida depois da gravidez.

Gizele Monteiro

Gizele Monteiro

É Criadora dos Programas Online Gravidez em Forma e Pós-parto – Mães em Forma que já “ajudou centenas de gestantes a não engordarem e mamães a voltarem ao seu corpo de antes”. Nesse método a diástase tem melhora e a barriga fica reta.

Sobre a Autora

gizele-monteiro-quem-e.png

Gizele Monteiro

“Consultora de celebridades e programas de TV”.  Se tornou especialista em diástase e recuperação da barriga após a gravidez. Há 20 anos atuando e estudando sobre o controle de peso na gravidez e na volta do corpo da mulher após a maternidade. Fez mestrado na UNIFESP sendo pioneira e referência sobre Exercícios para Mães e Recuperação do corpo após a maternidade no Brasil e na Europa. 

Cadastre-se para Receber

Baixe Agora mesmo Seu E-book Grátis!

O que é Diástase? Como saber se eu tenho? O que fazer se o teste que eu fizer comprovar que estou com Diástase? … São essas respostas que estão detalhadas neste e-book.

Cadastre-se para Receber