O Tratamento da Diástase Abdominal através do Exercício: Evidências Científicas

O tratamento da diástase abdominal através do exercício é uma excelente estratégia para quem que fugir da cirurgia?

A diástase dos músculos retos abdominais é uma condição comum que afeta muitas mulheres durante e após a gravidez. Neste artigo, exploraremos a perspectiva científica sobre como o exercício pode ser uma abordagem eficaz no tratamento da diástase abdominal. Portanto vamos basear nossas contribuições em estudos científicos relevantes que fornecem insights importantes sobre o assunto.

Diástase Abdominal

A diástase ocorre quando os músculos retos abdominais se afastam, criando uma lacuna na parede abdominal. Isso pode levar a uma série de sintomas, incluindo protuberância visível, fraqueza muscular, dores nas costas e problemas de postura. Embora a cirurgia seja uma opção, a abordagem não invasiva do exercício ganhou destaque nos últimos anos.

O Papel dos Exercícios Específicos no tratamento da diástase

Vários estudos científicos investigaram a eficácia dos exercícios específicos no tratamento da diástase. Um estudo publicado no “Journal of Women’s Health Physical Therapy” (2018) destacou que exercícios específicos, como a contração controlada dos músculos abdominais, reduz a largura da diástase. A pesquisa demonstrou melhora na força e na função dos músculos abdominais após um programa de exercícios de reabilitação.

Outro estudo publicado no “Physical Therapy” (2015) examinou a eficácia do treinamento de estabilização do core para mulheres com diástase abdominal pós-parto. Os resultados melhoraram uma redução na separação dos músculos retos abdominais e uma melhoria na função abdominal após o programa de exercícios.

Importância da Orientação Profissional

Embora os exercícios possam ser eficazes no tratamento da diástase, é essencial que sejam realizados com orientação.

Primeiramente a diástase abdominal é uma condição que afeta muitas mamães, e o exercício pode desempenhar um papel fundamental na redução dos sintomas e na recuperação. Evidências científicas mostram que exercícios específicos levam a uma redução da largura da diástase e uma melhora na força abdominal.

No entanto, é importante salientar que a orientação profissional é crucial para garantir a segurança e a eficácia do tratamento.

Portanto, se você está sofrendo de diástase abdominal, te convido a conhecer o Programa Mães Sem Diástase. O programa foi desenvolvido pela Gizele Monteiro, especialista em diástase em flacidez abdominal com mestrado pela UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo). Já cuidou através do seu programa mais de 30 mil mulheres em mais de 70 países.

Segue alguns cases de sucesso do Programa Mães Sem Diástase da Gizele Monteiro:

Quer saber mais sobre o programa? Clique no botão abaixo:

Gizele Monteiro

Gizele Monteiro

É a maior especialista em Diástase e recuperação da barriga do Brasil e hoje tem alunas em mais de 70 países. Criadora dos Programas Online Mães Sem Diástase, Gravidez Sem Diástase, Pronta para Engravidar, já ajudou mais de 26 mil mulheres a conquistarem o sonho de ter a barriga reta, reverter a diástase sem cirurgia, sem remédio, sem tratamentos estéticos e nessa transformação recuperarem sua autoestima. Autora do primeiro livro no mundo sobre Diástase - Vencendo a Diástase - Buzz Editora.

Gizele Monteiro

Maior especialista em Diástase e recuperação da barriga do Brasil e hoje tem mamães em mais de 70 países. 

Criadora dos Programas Online Mães Sem Diástase, Gravidez Sem Diástase, Pronta para Engravidar

Já ajudou mais de 30 mil mães a conquistarem o sonho de ter a barriga reta, reverter a diástase sem cirurgia. 

Autora do primeiro livro no mundo sobre Diástase – Vencendo a Diástase – Buzz Editora.

Conheça Nossa Página

Canal do Youtube

Reproduzir vídeo