Gravidez: personal Gestante revela o que fazer quando se tem diástase

Por Gizele Monteiro – Personal Gestante

 

A diástase tem se tornado a cada dia mais conhecida.

Diástase na gravidez
Diástase na gravidez

Após a cantora Sandy revelar ter ficado com um buraquinho em sua barriga, muitas mulheres passaram a entender o porque sua barriga não voltava e também porque algumas ficaram com um buraco nela depois da gravidez.

Na verdade toda gestante e mulher pós-gravidez terá uma diástase, porque ela é uma mudança natural da gravidez. Ela é importante para que haja espaço para o bebê.

Então a primeira coisa que quero desmistificar nesse post é o termo diástase.

Existe a diástase que é funcional e fisiológica na gravidez que comentei acima. Todas as gestantes terão e não deixa aspectos estéticos e nem funcionais negativos. Dessa forma a barriga voltará rapidinho.

Mas o fato é que a grande maioria das mulheres tem a diástase “que não é a normal e funcional“.

Algumas mulheres tem exatamente essa … a diástase que não é normal e funciona e que deixa “um grande afastamento, flacidez muscular (falta de tônus e força muscular – “barriga mole”) e as vezes o rompimento da linha alba (a linha central entre os reto abdominais”.

 

clique aqui

Se você já é mamãe e quer saber se tem diástase e como avaliá-la clique no botão ao lado. 
Você receberá ao se cadastrar um e-book gratuito com todas as orientações sobre como medir e saber se tem diástase e o que fazer.

 

Umbigo estufado na gravidez e diástase
Umbigo estufado na gravidez e diástase

E exatamente para evitar que ela chegue nesse nível, é importante que a diástase seja identificada desde a gravidez.

Isso é possível sem testes, percebendo se em alguma região na parte central da sua barriga, há um abaulamento quando você levanta-se da cama ou inclina-se para o lado.

O umbigo estufado na gravidez já é um indício que você terá uma diástase nessa região. E provavelmente uma hérnia umbilical pós-gravidez.

 

Constatado qualquer um desses sinais, você deve conter a evolução da diástase com exercícios posturais, abdominais especializados (NÃO REALIZE EM HIPÓTESE ALGUMA ABDOMINAIS TRADICIONAIS – veja imagem abaixo as orientações), fortalecimento do períneo.

Não importa se é a primeira, segunda ou terceira gravidez, é sempre possível não deixar o quadro piorar com ações certas.

Escolher o programa com exercícios certos e seguros é a primeira ação e fará toda a diferença para conter o aumento da diástase. Do contrário ela poderá piorar e se tornar um quadro com mais dificuldade de melhora pós-gravidez.

Veja algumas diretrizes do programa Gravidez em Forma … Exercícios que não utilizo no programa por causa do risco.

 

Exercícios que devem ser evitados na gravidez:

1. se você não tem diástase, eles aumentam o risco de ter

2. se você tem diástase, PARE imediatamente por que ela irá piorar

Prancha na gravidez - exercício que deve ser evitado
Prancha na gravidez – exercício que pode piorar a diástase

 

Veja mais alguns exercícios …

5 exercícios que podem causar diástase na gravidez
5 exercícios que podem causar diástase na gravidez

 

Mas por que eles não devem ser realizados?

Os exercícios abdominais ou que acionem os músculos abdominais e das costas como a prancha ou exercício do gato, aumentam a pressão abdominal e isso sobrecarrega a região que já está sensível, instável, fraca e alongada.

Seja pelo aumento da pressão interna, ou seja por posicional o peso da barriga paga baixo, eles aumentam a chance de diástase na gravidez e após.

Apesar de ser comum o uso desses exercícios, a exclusão deles no programa Gravidez em Forma tem garantido uma recuperação mais adequada da barriga e corpo das minhas alunas. Em anos de experiência atendendo gestantes e mamães pude constatar a eficiência dos conjunto de exercícios que uso no programa e também que em nada faz falta a exclusão desses e outros.

Afinal acho que nenhuma mulher quer ter sua barriga flácida e com um buraco no meio … não é verdade?

Se você está com alguns dos sinais acima, observando alguma abaulamento em sua barriga, umbigo já estufado, ou desconfortos na região abdominal, conheça o programa Gravidez em Forma … um programa seguro, eficiente e que te deixa em forma da gravidez até o pós-parto.

O programa Gravidez em Forma já vem com o combo do pós-parto, isto é, você tem 2 programas pelo preço de 1.

Clique agora no botão abaixo para conhecer mais sobre o programa e ver tudo o que você recebe …

Te espero lá !!

 

Clique aqui e conheça o Mães em Forma

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *