A Diástase e o assoalho pélvico!

A Diástase e o assoalho pélvico

Olá mamãe, hoje eu quero falar de algo bem desconhecido pelas mulheres. A relação da diástase e o assoalho pélvico.

Sempre que a mulher tem diástase, o períneo, o abdômen e os músculos posturais ficam desequilibrados em sua força e ação de proteção do corpo e coluna.

A falta de força dos músculos da barriga (por causa da diástase e alongamento persistente pelo aumento da barriga) não permitem que os músculos do períneo se recuperem. Com isso permanecem fracos e soltos.

Por isso é comum após a gravidez muitas mulheres se queixarem de:

  • Perda da sensibilidade e controle dos músculos do períneo na hora do ato sexual
  • Perda involuntária de urina (escapes do xixi), isso pode acontecer em várias situações de esforço como: correr, pular ou quando se está apertada e não consegue segurar o xixi, ou quando se ouve barulho de água, ou quando se espirra ou tosse,..
  • Existem casos mais tardios de queda da bexiga e órgãos que podem mais tardiamente comprometer a saúde da mulher. A queda de bexiga por exemplo, se torna um quadro cirúrgico

Por isso é muito importante saber que independente do tipo de parto, você deve e precisa, como forma preventiva da sua saúde, dar atenção especial ao assoalho pélvico após uma ou mais gestações.

Porque o assoalho pélvico traz problemas para a sua vida. Como a incontinência urinária (perda ou escapes de xixi) e a dor intensa, problemas na vida sexual. Esses são problemas sérios e que pioram muito a qualidade de vida da mulher.

Então o enfraquecimento dos músculos da região pélvica – o assoalho pélvico (períneo), causa o deslocamento de órgãos como o útero, a bexiga, o reto, o intestino delgado e a uretra.

Entendo que a grande maioria das mulheres terá sua primeira gravidez com uma média de idade de 34-35 anos e os 40 anos estão bem próximos. Uma segunda gravidez ficará bem mais próxima a essa idade.

Então nós mulheres precisamos entender e quebrar esse tabu de que cuidar da sua barriga e de uma diástase ou até mesmo fraqueza e estufamento dela se trata apenas de uma questão estética. 

Muito mais do que estética, isso é um caso de saúde.

Exercícios para a Diástase e o assoalho pélvico

Primeiramente eu quero dizer que não é apenas um exercício que fará voce fechar a diástase, recuperar o períneo e alinhar a postura.

Por isso você precisa de um programa completo.

Porque no meu programa Pós-parto em Forma eu trabalho 3 pontos que eu considero fundamental para a volta do corpo e barriga depois do parto. Que são:

  • A volta da força muscular da barriga
  • A melhora e recuperação da postura
  • A recuperação do períneo

Veja o testemunho dessa aluna do meu programa:

A Diástase e o assoalho pélvico

Com um programa especializado você pode sim recuperar a barriga, fechar a diástase, recuperar o períneo e recuperar a sua autoestima!

Então baixe o meu e-book gratuito. Com ele você vai poder realizar o teste da diástase. Eu criei um passo a passo para você.

Gizele Monteiro

Gizele Monteiro

É Criadora dos Programas Online Gravidez em Forma e Pós-parto – Mães em Forma que já “ajudou centenas de gestantes a não engordarem e mamães a voltarem ao seu corpo de antes”. Nesse método a diástase tem melhora e a barriga fica reta.

Gizele Monteiro

Consultora de celebridades e programas de TV”.  Se tornou especialista em diástase e recuperação da barriga após a gravidez. Há 20 anos atuando e estudando sobre o controle de peso na gravidez e na volta do corpo da mulher após a maternidade. Fez mestrado na UNIFESP sendo pioneira e referência sobre Exercícios para Mães e Recuperação do corpo após a maternidade no Brasil e na Europa

Cadastre-se para receber

Conheça Nossa Página

Canal do Youtube

Como perder barriga depois do parto

Baixe Agora mesmo Seu E-book Grátis!

O que é Diástase? Como saber se eu tenho? O que fazer se o teste que eu fizer comprovar que estou com Diástase? … São essas respostas que estão detalhadas neste e-book.