Diástase e Fraqueza do Assoalho Pélvico

Diástase e Fraqueza do Assoalho Pélvico

A diástase abdominal, caracterizada pela separação dos músculos retos do abdômen, é uma condição que muitas vezes foca somente na estética e na saúde postural. No entanto, uma ligação menos conhecida, mas igualmente crucial, é a relação entre a diástase e a fraqueza do assoalho pélvico. Neste artigo, exploraremos essa conexão intrigante, primeiramente destacando os vínculos entre diástase e assoalho pélvico, e oferecendo estratégias para promover a saúde integral.

Diástase e Assoalho Pélvico: Entendendo a Interconexão

  1. Pressão Adicional no Assoalho Pélvico: A diástase abdominal cria uma pressão adicional na região abdominal, impactando diretamente o assoalho pélvico. De fato o aumento da pressão abdominal pode contribuir para a fraqueza e disfunção dessa área crucial.
  2. Desalinhamento Postural: A diástase muitas vezes resulta em desalinhamento postural, afetando não apenas a região abdominal, mas também o assoalho pélvico. A falta de suporte adequado pode sobrecarregar e comprometer a função do assoalho pélvico.
  3. Impacto na Estabilidade Global: Ambas as condições, diástase e fraqueza do assoalho pélvico, estão intrinsecamente ligadas à estabilidade do core. Quando a integridade do core é comprometida, a estabilidade global do corpo é afetada, incluindo a do assoalho pélvico.

Sinais de Fraqueza do Assoalho Pélvico Associada à Diástase

  1. Incontinência Urinária: A fraqueza do assoalho pélvico pode contribuir para a incontinência urinária, especialmente durante atividades que aumentam a pressão abdominal, como tossir, espirrar ou levantar objetos.
  2. Desconforto ou Dor Pélvica: A fraqueza do assoalho pélvico está frequentemente associada a desconforto ou dor na região pélvica, afetando a qualidade de vida e o bem-estar geral.
  3. Problemas de Controle Intestinal: A coordenação inadequada do assoalho pélvico pode levar a dificuldades no controle intestinal, impactando a função digestiva.
  4. Problemas Sexuais: A fraqueza do assoalho pélvico pode contribuir para problemas sexuais, incluindo disfunção erétil em homens e desconforto durante o sexo em mulheres.

Estratégias para Abordar a Relação entre Diástase e Fraqueza do Assoalho Pélvico

  1. Exercícios Específicos: Incorporar exercícios específicos tanto a diástase quanto o assoalho pélvico é fundamental.
  2. Fisioterapia Especializada: Consultar um fisioterapeuta e um profissional de educação física especializado em saúde da mulher pode proporcionar orientação personalizada. Assim será incluindo exercícios direcionados para fortalecer o assoalho pélvico e abordar a diástase.
  3. Técnicas de Respiração Adequadas: A prática de técnicas de respiração adequadas é essencial para apoiar a estabilidade do core e aliviar a pressão sobre o assoalho pélvico.
  4. Evitar Atividades de Alto Impacto: Certamente reduzir a participação em atividades de alto impacto que possam sobrecarregar a região abdominal e o assoalho pélvico é uma medida preventiva importante.
  5. Cuidados Durante a Gravidez: Mulheres grávidas devem receber orientação específica sobre exercícios seguros para preservar a saúde do assoalho pélvico e evitar o desenvolvimento da diástase.
Teste da diástase

Certamente os escapes de xixi também está associada a diástase abdominal. Para saber se realmente você tem diástase, eu desenvolvi um material com um passo a passo de como realizar um teste muito simples. Você mesma pode realizar este teste. Clique no botão e baixe agora o PDF com todas informações sobre o teste.

A Importância do Diagnóstico Precoce e Intervenção Adequada

  1. Diagnóstico Preciso: Um diagnóstico preciso da diástase abdominal e da fraqueza do assoalho pélvico é crucial para implementar estratégias de intervenção adequadas.
  2. Acompanhamento Profissional: primeiramente buscar de um profissional especializado, como fisioterapeutas e ginecologistas, é fundamental para receber orientação personalizada e monitoramento contínuo.
  3. Abordagem Multidisciplinar: Integrar uma abordagem multidisciplinar, envolvendo profissionais de especializados, pode otimizar os resultados.

Conclusão: Promovendo a Saúde Integral com Consciência e Ação

Em conclusão, compreender a relação entre diástase abdominal e fraqueza do assoalho pélvico é essencial para promover a saúde integral das mulheres. Porque abordar ambas as condições simultaneamente, por meio de exercícios direcionados vai resultar em uma recuperação mais eficaz. Portanto, ao reconhecer os sinais precoces, buscar intervenção adequada e adotar medidas preventivas, é possível restaurar o core e do assoalho pélvico, promovendo assim a qualidade de vida das mulheres.

Gizele Monteiro

Gizele Monteiro

É a maior especialista em Diástase e recuperação da barriga do Brasil e hoje tem alunas em mais de 70 países. Criadora dos Programas Online Mães Sem Diástase, Gravidez Sem Diástase, Pronta para Engravidar, já ajudou mais de 26 mil mulheres a conquistarem o sonho de ter a barriga reta, reverter a diástase sem cirurgia, sem remédio, sem tratamentos estéticos e nessa transformação recuperarem sua autoestima. Autora do primeiro livro no mundo sobre Diástase - Vencendo a Diástase - Buzz Editora.

Gizele Monteiro

Maior especialista em Diástase e recuperação da barriga do Brasil e hoje tem mamães em mais de 70 países. 

Criadora dos Programas Online Mães Sem Diástase, Gravidez Sem Diástase, Pronta para Engravidar

Já ajudou mais de 30 mil mães a conquistarem o sonho de ter a barriga reta, reverter a diástase sem cirurgia. 

Autora do primeiro livro no mundo sobre Diástase – Vencendo a Diástase – Buzz Editora.

Conheça Nossa Página

Canal do Youtube

Reproduzir vídeo