Postura e Dor nas Costas na Gravidez – como evitar

Por Gizele Monteiro – Personal Gestante

 

A Dor nas costas e a Postura na Gravidez estão intimamente ligadas.
 
A gravidez é cercada por muitas mudanças corporais, dentre elas as fisiológicas e anatômicas. Essas adaptações e modificações são provocadas pelas necessidades funcionais e metabólicas impostas pela gravidez.
 
O mecanismo compensatório postural mais relatado por autoridades é um aumento da curvatura lordótica da mulher. Isso acontece por causa do aumento do volume abdominal para alojar o bebê.
 

 

Como evitar dor nas costas na gravidez by Gizele Monteiro
Dor nas Costas na Gravidez
 
Uma das complicações mais comuns da gravidez é a dor nas costas (principalmente na região lombar) e cerca de 50% das mulheres sofrerão com ela durante a gestação.
 
O exercício é usado como uma das medidas eficientes para a prevenção da dor lombar durante a gravidez.
 
Se você o fizer desde cedo – início da gestação – somando-se com várias orientações posturais e ergonômicas terá um efeito muito bom. Os exercícios de alongamento, fortalecimento e relaxamento muscular serão os principais para esse efeito.
 
Muitos estudos já mostram o quanto essa combinação é positiva, aliviando inclusive dores já instaladas.
 
Os exercícios de alongamento são parte dessas recomendações.
 
Eles ajudam no relaxamento e compensação da postura, promovendo em você também uma percepção corporal. Isso permite reconhecer quando houver sobrecarga da região durante a execução de alguma atividade, ou durante a manutenção prolongada de uma postura.
 
Para te ajudar nesse caminho, eu criei um conteúdo fantástico e que traz informações valiosas e um passo a passo com exercícios já direcionados para essa prevenção.
 
Acesse agora esse conteúdo com mais 8 palestras incríveis (em vídeos) que te ajudarão a ter uma Gravidez saudável e em Forma. Junto com esse curso você recebe 2 bônus – 2 guias que te ajudarão a não inchar e a “evitar as temidas dores nas costas” com todo esse passo a passo.
Clique no botão abaixo para começar agora a controlar seu peso e evitar as dores nas costas.

CORE – Importância e exercícios para sua função na gravidez e pós-parto

Por Gizele Monteiro – personal gestante – programa Gravidez e Mães em Forma

 

Core, sua importância e exercícios para sua função na gravidez e pós-parto

Core – centro do corpo – tronco e pelve

Core training – ação sobre o conjunto de músculos que controlam o centro do corpo.

Músculos do Core

Músculos do Core

Durante a gravidez há uma grande mudança sobre os músculos do “Core”, não só pelas alterações hormonais e fisiológicas, mas também pelas grandes mudanças biomecânicas impostas pelo bebê que cresce dentro do útero. É claro que essa volta e recuperação no pós-parto não acontece imediatamente e por isso deve ser respeitada.

Os exercícios que trabalham os músculos do core tem função muito importante sobre o controle postural, ajudando a manter ainda a estabilidade da coluna e prevenir dores, as tão indesejadas dores nas costas que gestantes e mamães normalmente sentem.

Além disso, ajudam a manter as funções do assoalho pélvico as quais vão sendo modificadas por ação hormonal durante a gravidez para preparar essa região para o trabalho de parto, portanto esses músculos vão ficando mais fracos e de certa forma mais soltos (com um tônus muscular diminuído) e os exercícios para o core auxiliam na manutenção desse controle.

A bola suíça é um excelente material para usar com a gestante (desde que se sinta confortável com esse material) porque por sua instabilidade aciona naturalmente essa função do core, para que a gestante se mantenha sentada e em equilíbrio, além disso ela é confortável para sentar-se porque molda-se ao corpo, ajustando-se na região do quadril, facilitando também o alinhamento postural.

Exercícios respiratórios adequados (sem bloqueios ou ventilações exageradas) para a grávida e para a recém-mamãe, com a atenção na movimentação das costelas, ação dos músculos abdominais e do assoalho pélvico serão excelentes para a ação conjunta do core, não se esquecendo sempre da postura alinhada e reorganizada para tais exercícios, pois essa alinhada já se inicia a relação profunda de todo esse core.

Assoalho pélvico

Assoalho pélvico

A manutenção da ativação abdominal, a medida que eles vão sendo alongados pela gravidez ajudam no próprio controle postural, e dessa forma inicia-se o ciclo essencial para o bom desempenho de todo esse core, postura, manutenção de uma boa respiração e prevenção de dores.

A prática de exercícios respiratórios e em alinhamento postural ajudar a promover a atividade coordenada de todo esse conjunto de músculos.

 

Para ter um programa gestante especializado, equilibrado e saudável – acesse o site http://gravidezemforma.com.br/programa-gravidez-em-forma