Obesidade e Gravidez / Gestação- exercício físico como meio preventivo

Profa. Ms. Gizele Monteiro

Sabe-se que a gravidez é um momento onde a mulher pode ter uma grande mudança corporal. A gestação pode atuar como um fator desencadeante da obesidade devido as grandes alterações metabólicas.

Hoje a obesidade já é considerada um grave problema de Saúde Pública. Sua prevalência vem aumentando sistematicamente ao longo das últimas décadas, tanto em países desenvolvidos como em boa parte dos países em desenvolvimento. Segundo a Organização Mundial da Saúde, a obesidade seria hoje um dos maiores e mais visíveis, porém mais negligenciados, problemas de Saúde Pública em todo o mundo.

Repercussões obesidade na gestação

Muitos estudos têm apontado que mulheres que iniciam a gravidez com IMC (Índice de Massa Corporal) acima do normal (que seria 20 a 24,9) têm riscos mais elevados para diversas complicações:

– o risco de pré-eclâmpsia dobra a cada aumento de 5 a 7 kg/m2 (equivalente a um aumento no risco de 0,54% para cada 1 kg/m2 de aumento do IMC).

– quanto maior o IMC materno inicial, maior o risco de diabetes gestacional (DG).

– gestantes com obesidade também apresentam maior probabilidade de terem infecções urinárias e do trato genital inferior.

– o sobrepeso materno aumenta os riscos de parto induzido, cesarianas, hemorragia maciça pós-parto e infecção pós-parto.

Obesidade e Gravidez – a importância do exercício físico como meio preventivo

O exercício físico atua como uma excelente maneira de controlar o ganho de peso para mulheres que estão com sobrepeso, e para aquelas que apresentam peso normal, pode controlar o ganho de peso durante a gravidez tendo um aspecto preventivo sobre a obesidade. Muitas mulheres ganham peso e não retornam mais e mais de uma gravidez aumenta essa estatística.

A mulher deve realizar exercícios aeróbicos leves e moderados, variando a frequência semanal conforme seu nível de aptidão, isto é, se ela era sendentária ou ativa antes de engravidar.

Lembramos também que o acompanhamento nutricional nesses casos é primordial para saúde da mãe e do bebê.

* texto baseado no artigo científico “Obesidade e Gravidez” que encontra-se disponível na sessão de artigos científicos desse site.

Mattar, R., Torloni, M.R., Betrán, A.P., Merialdi, M. Obesidade e Gravidez. Rev Bras Ginecol Obstet. 2009; 31(3):107-10.

Exercícios na gravidez ajudam na prevenção e diminuição de dores e desconfortos

Gizele Monteiro – Personal Gestante – Diretora do Mais Vida Gestantes

Os exercícios na gravidez ajudam na prevenção e diminuição de dores e desconfortos que são comuns na maioria das mamães. A gravidez é marcada por grandes mudanças no corpo da mulher: aumento de hormônios, alteração postural, aumento do peso, enjoos, entre outras mudanças que também acontecem.

É comum a gestante em algum momento apresentar dores ou desconfortos.

Alguns que podem ocorrer e que o exercício pode trazer grande contribuição:
– inchaço – exercícios amenizam e previnem o edema, comum principalmente ao final da gestação
– dores nas costas – exercícios de alongamento e massagem para relaxamento são muito positivas
– indisposição e cansaço – o controle do ganho de peso proporcionado pelo exercício favorece que a gestante tenha mais disposição e também menos cansaço, uma vez que faz menos esforço com o seu corpo mais leve.

Exercícios físicos na prevenção e diminuição de dores e desconfortos na gravidez

Exercícios físicos funcionais adaptados para o momento da gravidez também auxiliam para que haja mais controle do equilíbrio, uma vez que as articulações sofrem fortes alterações na gravidez devido as mudanças hormonais.
Para que contemple todas essas áreas o programa para gestantes deve ser completo e aplicado por um profissional que conheça cada alteração, aplicando o exercício correto e em intensidade e volumes adequados.
Para isso temos o Personal Gestante que é um profissional especializado para atender a gestante com um programa de exercícios todo adaptado para cada momento.

Exercícios durante a Gestação – saúde da mamãe e do bebê

Os exercícios durante a gestação são essenciais para o bem-estar e saúde da mamãe e do bebê. O sedentarismo está tem sido responsável pelo aparecimento de muitas doenças durante a gravidez, por isso, a mamãe que decide se exercitar e manter-se ativa faz uma excelente opção para a sua saúde e a de seu bebê.

O programa que a gestante escolher deve ser completo e seguro tendo orientações para vários pontos importantes da gestante: controle do ganho de peso, prevenção de dores e trabalho postural e funcional. Esses são alguns dos detalhes que o programa deve ter.

O programa deve dar também atenção para as mudanças e necessidades trimestrais que ocorrem. Exercícios mal acompanhados podem promover dores ou lesões.

GRAVIDEZ APÓS OS 40

A gravidez tardia é sempre preocupação da área médica por vários fatores de saúde da mulher e também do bebê. Do ponto de vista físico (corporal e nível de aptidão física), a mulher encontra-se numa curva descendente. Aquelas que realizam exercícios tem uma queda bem menos acentuada, pois mantém sua musculatura fortalecida, postura e condição cardiorrespiratória também melhorada.

A gravidez é um momento de impacto fisiológico e biomecânico muito grande para mulher e ainda mais após os 40 anos. Tanto o aumento de peso, quanto a probabilidade de doenças como diabetes e hipertensão aumenta. Por isso, nesse momento, os exercícios físicos são uma forma muito interessante de contribuir para a saúde da mulher, da gestação e conseqüentemente do bebê. Os cuidados devem ser redobrados, a intensidade e o volume do exercício também, assim como a escolha do exercício juntamente com a qualidade técnica do mesmo para não aumentar os riscos de lesões.

É um mito achar que a mulher deve fazer apenas hidroginástica. Ela pode ser uma das atividades incluídas, porém deve haver um trabalho postural e também um fortalecimento do assoalho pélvico. A gravidez é um momento de grandes alterações fisiológicas com grande sobrecarga cardíaca e circulatória, assim como também as mudanças posturais. Normalmente na mulher sedentária a postura já começou a ser modificada e a gravidez irá aumentar isso. Por isso os detalhes acima não devem ser desconsiderados pelo profissional que atenderá essa gestante.. Ele deve ser especializado no atendimento às grávidas.

ONDE ENCONTRAR NOSSOS PROGRAMAS:

Clínica Corpore Vita – Campo Belo – SP

Interior e litoral do SP – Bauru, Bragança Paulista, Campinas, Sorocaba e Santos.

Outras capitais – Brasília, Goiania, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, Tocantins.

Atendimento na Europa – Portugal

Consulte nossos link de pontos de atendimento para saber mais.

Saúde da gestante no trabalho – exercícios ajudam

Por Gizele Monteiro – personal gestante

A saúde da gestante no trabalho é muito importante e os exercícios ajudam a mulher nessa fase.

A personal gestante Gizele Monteiro esteve Programa da Eliana no SBT falando sobre exercícios para a saúde no trabalho.

Alongamento dos músculos da perna
Alongamento dos músculos da perna

Além de demonstrar exercícios e dar dicas para a postura da mamãe, a personal falou sobre seu livro editado pela Phorte Editora.

Na ocasião presenteou a apresentadora Eliana – grávida – com o seu livro que está sendo lançado com a Dra. Ivani Manzzo: Guia prático de exercícios para gestantes.

PROGRAMA DA ELIANA – SBT (MAI 2011)

Especial para o dia do trabalho – saúde da mamãe na empresa

Gizele Monteiro - Guia prático de exercícios para gestantes no SBT
Gizele Monteiro – Guia prático de exercícios para gestantes no SBT

 

 

Gizele Monteiro é destaque na revista Fitness Business como Personal Gestante e sua especialização profissional

Por Gizele Monteiro

A matéria da Revista Fitness Business dá destaque ao trabalho que a profa Gizele Monteiro vem desenvolvendo como Personal Gestante – profissional especializada no atendimento na gravidez e pós-parto.

O programa Mais Vida Gestantes idealizado e dirigido pela profissional tem ganho destaque no Brasil e na Europa através de um conceito inovador.