Exercícios Especializados para Gestantes – teoria e prática para o personal gestante

Por Gizele Montiero – Personal Gestante by Gravidez em Forma

Entrevista que participei para o site uai.com.br – Paula Takahashi – Estado de Minas

 

Personal gestante cuida da saúde das mulheres com exercícios físicos

Formação para Personal Gestante - Mais Vida Gestantes
Formação para Personal Gestante – Mais Vida Gestantes

PERSONALIZADO A educadora física Gizele Monteiro é uma das responsáveis por disseminar o “conceito de personal gestante” por meio do treinamento e formação de profissionais qualificados. Em 2008 ela criou, em São Paulo, o programa Mais Vida Gestantes, uma espécie de consultoria e escola para personal gestantes. “Formamos mais de 100 profissionais em todo o Brasil e também em Portugal, mas ainda não tivemos interessados da capital mineira”, conta.

Para ela, há um extenso mercado a ser explorado, mas que ainda engatinha em Belo Horizonte. “Muitos profissionais sabem, na teoria, que a grávida precisa de cuidados especiais no que diz respeito à frequência cardíaca, tipo de exercício, intensidade, peso, mas não conseguem aplicar”, afirma. Por isso a importância de uma qualificação específica na área. Para ela, a falta de sensibilidade dos profissionais às demandas das gestantes foi um dos principais impulsos para se especializar.

“São várias questões que devem ser avaliadas para se saber o que cortar, como alterar os exercícios. Enfim, há uma individualidade muito grande”, observa. A questão postural é um dos fatores comuns a praticamente todas as gestantes. “Por isso devem ser direcionadas atividades específicas para fortalecimento de determinados músculos. Uma aula trabalha toda a parte aeróbica, ginástica localizada e treinamento funcional seguro com bola, plataforma de equilíbrio e outros materiais”, acrescenta.

 

Dor no quadril e cóccix durante a gravidez

Por Gizele Monteiro – Personal Gestante by Gravidez em Forma

 

Da série Bumbum na Gravidez (14): “Dor no quadril durante a gravidez

Toda a região do quadril fica toda sensibilizada durante a gravidez.

A dor no quadril na gravidez é conhecida também como dor pélvica gestacional.

Já temos tratado sobre esse tema e os porquês nessa série de posts que fiz especialmente para minhas seguidoras no Instagram (@gizelemonteiro) e também as gravidinhas que buscam meu blog.

Uma outra dor que difere um pouco da dor pélvica tradicional é a dor no cóccix.

O cóccix é a parte inferior da coluna. Durante a gravidez,  O cóccix pode se deslocar ligeiramente do sacro e isso pode causar dores, principalmente ao “sentar”, ou realizar movimentos repetitivos de sentar e levantar.

À medida que o bebê cresce, aumenta a pressão sobre toda essa região e isso pode fragilizar essa região.

Com o encaixe do bebê, isso pode piorar e por isso sempre indico exercícios e técnicas ou fisioterapia especializada que atuem amenizando esses quadros para que não piore no final.

  • Dica valiosa para evitar dor no quadril e no cóccix durante a gravidez !!! Se você trabalha muito tempo sentada há mais pressão também. Procure fazer pausas e se levantar pelo menos a cada 2 horas.

Confira as informações de todos os posts sobre o tema, assim terá uma visão geral sobre os cuidados com o seu bumbum e coluna na gravidez.

Quer prevenir dores na gestação? Tenha uma gravidez em forma !!! Acesse já e cadastre-se no meu site >> Clique Aqui<<  …

Te espero lá!!

 

Dor durante a gravidez - quadril e cóccix
Dor durante a gravidez – quadril e cóccix

Dor Púbica na Gravidez

Por Gizele Monteiro – Personal Gestante by Gravidez em Forma

 

Da série Bumbum na Gravidez (20): Dor Púbica na Gravidez

A dor pública na gravidez, também conhecida como Dor da Sínfise Púbica.

Dor Púbica na Gravidez
Dor Púbica na Gravidez

A dor púbica é específica do período gestacional, isto é, ela aparece durante a gravidez por causa das ações hormonais sobre as estruturas ósseas e seus movimentos.

Os hormônios gestacionais e principalmente a relaxina (hormônio bem conhecido por aumentar a flexibilidade) agem sobre as estruturas ósseas para preparar a pelve para o encaixe do bebê e também o parto, momento em que o grande afastamento dessas estruturas será exigido.

Portanto essa dor ou sensibilidade na sínfise púbica nada mais é que uma condição que o movimento natural. Ela é comum se for dentro de padrões esperados, mas pode ser excessiva para algumas mulheres fazendo com que a Disfunção da sínfise púbica – a disfunção é um grau mais elevado e pode haver um desalinhamento da pelve por causa desse afastamento.

Essa uma das minhas grandes preocupações com os cuidados na seleção e no exagero de exercícios que sobrecarregam essa região da sínfise púbica. A orientação de exercícios na gravidez não é uma brincadeira e uma lesão dessa pode comprometer não só o trabalho de parto da mulher, como também sua saúde futura!!!

Você precisa ter exercícios adequados para cada momento da sua gravidez!!! Os exercícios podem SIM piorar um quadro que é normal. Uma simples dor ou incômodo que é natural dos movimentos ósseos na gravidez pode se transformar em uma disfunção e isso comprometer para sempre não só o alinhamento pélvico, mas também levar a um problema postural e levar a mulher a uma condição de dor após o parto, comprometendo todo o seu bem-estar e os cuidados com o seu bebê.

A frequência com que essa disfunção em diferentes graus pode ocorrer é de uma em cada quatro mulheres grávidas e 7% podem continuar a apresentar sintomas graves após o parto.

E a má notícia !!! Parece que as incidências da dor e disfunção tem aumentado nos últimos anos. Isto não está claro se isso é porque a idade materna média está aumentando, ou porque a condição está sendo diagnosticada de forma mais eficiente.

Eu pela minha prática observo que dores e incômodos são bem comuns em vários momentos da gravidez, porém o cuidado especializado e uma orientação segura para o alívio e também tratamento é muito importante para que ela não piore.

  • Lição: busque sempre um personal gestante (profissional especializado) para orientá-la com os exercícios. O fisioterapeuta especializado em obstetrícia atua com o tratamento uma vez que a dor piora ou já está instalada. Se houver algum incômodo em seus movimentos PARE e informe-se o que pode estar acontecendo.

 

Exercícios aeróbicos na gravidez

Por Gizele Monteiro – Personal Gestante by Gravidez em Forma

Muitas mulheres utilizam exercícios aeróbicos na gravidez.

Exercícios aeróbicos são um dos tipos de exercícios que podem ser utilizados na gravidez.

Exercícios aeróbicos na gravidez - marcha estacionária
Exercícios aeróbicos na gravidez – marcha estacionária

Mas será que os exercícios aeróbicos são seguros para serem praticados na gravidez?
Sim !!! Existem várias forma que os exercícios aeróbicos podem ser aplicados e utilizados, isto é, várias modalidades, entre elas: caminhada, bicicleta, aulas de ginástica aeróbica entre as diferentes modalidades, hidroginástica, natação, corrida, transport ou outro aparelho ergométrico, etc. Mas será que todas podem ser usadas com segurança na gravidez?

Existem estilos de aulas de aeróbica em grupo que poderiam ser adaptadas para gestantes, no entanto aqui no Brasil isso não é muito difundido. Se a gestante escolher uma aula de aeróbica de baixo impacto, por exemplo, essa aula preparada por um profissional que entenda da fisiologia gestacional e dos devidos cuidados para aplicar os movimentos corretos, poderá ajudar na manutenção da aptidão física.

Mulheres sedentárias, isto é, estavam paradas antes da gravidez, conseguem melhorar sua aptidão na gravidez.

Os exercícios aeróbicos de baixo impacto não envolvem saltitos ou saltos mantendo os pés sempre em contato com o solo. Mantem-se um pé no chão em todos os momentos, de modo que as articulações sejam estressadas pelo impacto. Uma informação importante também é que essa modalidade de exercício aeróbico protege seu assoalho pélvico.

– Eu posso fazer exercícios aeróbicos me exercitar em casa?

Sim !!!

Algumas sequências simples de marcha estacionária com ou sem movimentos de braços já substituem uma caminhada quando não há disponibilidade de local adequado para caminhar ou uma esteira ergométrica.

Ainda existem vários tipos de movimentos que podem ser realizados de forma estacionária … balanceios são um outro exemplo.

Exercícios aeróbicos na gravidez by Gizele Monteiro - caminhada / corrida
Exercícios aeróbicos na gravidez – Gravidez em Forma by Gizele Monteiro – Caminhada / Corrida

Na proposta do programa Gravidez em Forma (clique aqui para o cadastro do treinamento inicial) elaborei aulas para serem feitas em casa ou na academia. Essas aulas mudam conforme as mudanças e necessidades do seu corpo. Antes de iniciar o programa há um mini-curso gratuito e depois um e-book que é um treinamento fantástico antes de iniciar o programa. O que há no programa Gravidez em Forma:

– sequência de aquecimento, relaxamento e alongamento,

– exercícios posturais e de fortalecimento

exercícios aeróbicos específicos para a gravidez

– orientações para prevenção de dores e inchaço

E muito mais bônus … e o melhor !!! Tudo isso no conforto da sua casa.

 

– Cuidados na sua rotina com os exercícios aeróbicos ao longo da gravidez?

Primeiro Trimestre

Os cuidados básicos no primeiro trimestre são com os enjoos e com a temperatura corporal. Para manter-se segura é importante reduzir a intensidade e o volume (o tempo de exercício) na prática principalmente dos exercícios aeróbicos. Use roupas adequadas e confortáveis.

Tenha sempre uma garrafa grande de água com você e beba bastante antes, durante e depois do seu treino.

Ouça o seu corpo em todo momento. Se você se sentir cansada ou tiver alguma tonturas, pare imediatamente.

Segundo e Terceiro Trimestre

Com o crescimento da barriga, principalmente no terceiro trimestre, alguns movimentos já fica prejudicados. A caminhada é uma excelente opção de exercícios e a hidroginástica pode ser outra.

Importância do exercício físico na gravidez

Por Gizele Monteiro – Personal Gestante by Gravidez em Forma

 

Importância do exercício físico na gravidez

Exercícios na Gravidez by Gizele Monteiro
Exercício físico na Gravidez by Gizele Monteiro

Quando se está grávida, é muito importante realizar exercícios! Bom, isso muitas pessoas sabem e é informado por vários especialistas.

Mas, quais seriam os benefícios de se manter ativa e realizar exercício na gravidez?

Mulheres ativas têm menos dor e incômodo, o que é bem comum. Por exemplo a dor nas costas aflige quase 70% das gestantes. Gestantes ativas não só tem menos dor, como também tem menos incidência de dor.

A gestante ativa, também mantém uma melhor imagem do seu corpo e isso ajuda muito a reduzir a ansiedade e a não engordar na gravidez.

Esse efeito contribui também no pós-parto, fazendo a mulher ter um retorno mais rápido à sua forma pré-gravidez.

Portanto, estar “em forma” não significa apenas ter a estética em evidência, mas a saúde e controle de peso como uma forma de prevenir doenças.

Hoje há uma nova tendência realizar exercício físico em casa, com exercícios simples, sem exigências de uma sala com grandes equipamentos, mas pelo contrário, como materiais simples e de baixo custo.

Essa é justamente a proposta do “Gravidez em Forma”. Aulas simples, especializadas para a gravidez e que você realiza na sua casa. Os exercícios físicos seguem as mudanças necessárias para cada trimestre.

O programa de exercícios físicos na gravidez é composto por: treinamento funcional adaptado, alongamentos, relaxamentos, exercícios posturais. Para quem já tem experiência com treinos mais intensos, o programa é complementado por planilhas com treinos especiais e direcionados também para as mudanças necessárias.

Verifique com seu médico se você tem a liberação e anime-se para não engordar e manter-se saudável e em forma na gravidez.

Te espero no Gravidez em Forma!!!

Cadastre-se no site agora e não perca essa oportunidade.