Escoliose e Gravidez

Escoliose e Gravidez – Por Gizele Monteiro

 

Será que a escoliose é um risco para a gravidez e será que ela pode provocar complicações?

Resolvi escrever esse post porque vi que a escoliose é temor em muitas mulheres que desejam uma gravidez.

A primeira coisa que quero discutir é …

 

1. Será que mulheres com escoliose podem ter complicações na sua gravidez?

Do ponto de vista fisiológico a escoliose NÃO traz riscos para a mamãe e para o bebê.

As ocorrências e problemas que podem ocorrer são mais ligadas a queixas e incapacidade de movimentar-se.

Vamos entender algumas alterações gestacionais que devem ser acompanhadas por quem tem uma escoliose mais severa.

Durante a gravidez, naturalmente há grande mudança postural e nem sempre (aliás poucas vezes) a mulher está preparada para essas mudanças.

O ideal então seria a mulher se preparar não só fisicamente para a gravidez, mas também posturalmente. Realizar exercícios direcionados para a postura, direcionados para fortalecer e alongar músculos que serão bem sobrecarregados na gravidez.

 

#Portanto a “primeira orientação” se você está querendo engravidar é … prepare-se para a gravidez.

 

Essas mudanças posturais que ocorrem durante a gravidez, juntas com o crescimento do útero (e do bebê) alteram o funcionamento do diafragma (o músculo respiratório) mais para o final da gestação. Isso por que ele tem menos espaço para realizar sua função e movimento. Essa limitação no movimento dele, do ponto de vista fisiológico,  poderá ser o maior incômodo para a mulher com escoliose.

Na verdade isso já é muito e natural da gravidez – pode perceber que praticamente toda gestante se queixa de ficar sem ar, se sentir mais cansada, uma certa dificuldade em respirar. E é aí, que dependendo do nível da escoliose, essa pode ser uma queixa mais acentuada … mais falta de ar ou cansaço.

Então nos casos de você apresentar uma escoliose mais grave, isso pode ser intensificado. É importante então ter um trabalho postural para o controle dessa alteração durante a gravidez.

 

 

2. Que problemas podem acontecer então ?

Portanto analisando … as complicações ligadas a esse desvio estão mais ligadas as mudanças biomecânicas do que fisiológicas.

Por isso um bom trabalho postural e exercícios especializados ajuda muito nesse conforto e equilíbrio fisiológico para o bebê. Mais adiante falarei dos exercícios …

 

A. Dor nas costas

Outro ponto importante a ressaltar nessa questão biomecânica é a dor nas costas.

 

A dor nas costas e quadril é a queixa mais comum da gestação.

Atinge praticamente 70% das gestantes.

 

B. Hérnia de Disco e Gravidez

A hérnia de disco é comum entre as mulheres grávidas. Ela pode ocorrer pois o aumento do peso abdominal desloca o eixo de equilíbrio e provoca uma maior curvatura na lombar, isto é, acentuará mais a lordose da lombar, o que levará a dores nas costas e, aumentando a chance da hérnia de disco aparecer.

Mais uma vez vemos …  a importância de se preparar o corpo para a gravidez, fortalecendo a musculatura que protege e estabiliza sua coluna.

 

C. Meu bebê está em risco?

O bebê não está em risco simplesmente porque a mãe tem escoliose.

Na verdade, a maioria das mulheres com escoliose não tem nenhum problema com filhos.

No entanto é bom sempre comunicar ao médico obstetra e anestesista sobre a escoliose se ela for acentuada. Dependendo da curva da coluna vertebral, uma epidural pode ser mias delicada ou impossível para algumas mulheres com escoliose. Apresentar sempre o caso será sua maior segurança e conforto nas dúvidas.

A GRAVIDEZ PODE PIORAR A ESCOLIOSE?

Sim!

De forma geral após a gravidez muitas mulheres ficam com sua postura pior. Essa postura inclusive piorano pós-parto com os cuidados com o bebê.

Muitas mulheres se não tem dor nas costas na gravidez, podem tê-las após a gravidez. Há aumento de risco de hérnias de disco.

Principalmente no terceiro trimestre, você deve ter mais cuidado com suas costas e postura.

Por causa dos hormônios liberados durante a gravidez, os ligamentos são naturalmente mais relaxados. Isso pode levar ao aumento dos ângulos do desvio e a dor nas costas, quadril ou perna podem aparecer.

Para aquelas que tiveram cirurgia de fusão espinhal, dor nas costas de longo prazo e diminuição da satisfação com a cirurgia são comuns após a gravidez.

IMPORTÂNCIA DOS EXERCÍCIOS PARA GESTANTES COM ESCOLIOSE

 

A prática de exercícios especializados e direcionados para o fortalecimento das costas, barriga e períneo ajudam a evitar essa dor nas costas e no quadril durante a gravidez.

 

Essa dica e orientação é porque naturalmente sua postura irá mudar por que a gravidez faz isso. E com essas alterações posturais seus músculos serão sobrecarregados. Eles trabalharão da forma que nunca trabalharam. E precisam estar APTOS para isso!

Os desvios posturais de forma geral – tanto a escoliose quanto a cifose ou hiperlordose – aumentam a chance de dores nas costas e no quadril (que como visto acima já são bem comuns na gravidez).

Esse seria o “principal risco para a gravidez”.

 

Uma dor não controlada pode aumentar a possibilidade do uso de medicamento e ela cronificar e te levar ao repouso antes do final da gravidez.

 

Todos os desvios posturais também aumentam o risco de ter diástase abdominal (veja #diastaseabdominalbygizelemonteiro ).

A diástase pode:

  • aumentar a chance de você ter dores nas costas na gravidez e depois
  • deixar a estética da sua barriga comprometida – flácida e estufada
  • aumentar o risco de escapes de xixi – conhecida como incontinência urinária

 

Que programa você pode fazer?

Aluna do programa online Gravidez em Forma

O programa online Gravidez em Forma foi elaborado considerando todos esses cuidados que você precisa, com exercícios posturais, seguros e que irão te ajudar a controlar o peso, evitar dores, evitar a diástase e escapes de xixi.

O que você faz durante a gravidez, contribui com seu bem estar e disposição tanto na gravidez quanto no pós-parto. Esses cuidados também aceleram a volta do seu corpo.

 

 

DEPOIMENTO da minha aluna – Claudia – São Paulo:
“Gi … ganho de peso ok, não sinto dores na coluna.
Em função de uma severa escoliose, fiz uma artrodese que me “presenteou” com 30 parafusos.
Meu médico sempre foi muito otimista sobre engravidar apesar da escoliose. A grande recomendação dele sempre foi controlar o peso, porque isso sim poderia me causar muitas dores.
Uma benção seu programa! Grande beijo”

 

 

Então … agora é com você!

O programa Gravidez em Forma pode te ajudar em todos esses passos!

Quer saber mais ? Clique no botão !

 

 

Seja ativa! Bons treinos!

 

Intensidade do exercício na Gravidez e cuidados com o coração

Intensidade do Exercício na Gravidez e cuidados com o coração ⚠♥ 
.
Todo o corpo da gestante está numa mudanças incrível, mas o coração … é o que mais sofre mudanças para suportar toda a quantidade de sangue que estará circulando no seu corpo.

Durante a gravidez o coração se adapta dia a dia ao aumento de sangue que é necessário para suprir seu corpo e do seu bebê.

Isso acontece desde o início e aumenta até chegar ao ápice no final dá gestação.

Por causa dessas mudanças e do intenso volume de sangue, equilibrar o exercício é um ponto muito importante para o equilíbrio mamãe-bebê.

 

  • INTENSIDADE DO EXERCÍCIO

O exercício não deve sobrecarregar esse coração em mudanças e a fisiologia cardio-circulatória para que haja suprimento adequado para o bebê, afinal o sistema materno-fetal é totalmente integrado.

Por isso, praticar exercícios intensos está “totalmente fora de questão!!

 

O Exercício materno não é modismo!

É saúde e deve respeitar as novas necessidades e demandas do conjunto materno-fetal!

A intensidade recomendada por autoridades internacionais é de “leve a moderada”.

…………….

A intensidade LEVE para uma SEDENTÁRIA é diferente do leve para uma TREINADA.

Mas isso “não significa” que a treinada também não deva seguir a recomendação de reduzir a intensidade.

Se você é treinada deve “reduzir carga” – tanto volume quanto intensidade – para que essa se ajuste para a recomendação.

Para ter o controle do exercício, a Frequência cardíaca deve

PROGRAMA ONLINE DE EXERCÍCIOS – DA GRAVIDEZ AO PÓS-PARTO

O programa online gravidez em Forma respeita cada critério de segurança para você e seu bebê que autoridades e pesquisas estabelecem como diretrizes.

Essa seleção segura de exercícios traz justamente a segurança e equilíbrio fisiológico do seu corpo.
.

Você pode conhecer mais o programa acessando e cadastrando-se na HOME do site do programa … www.gravidezemforma.com.br 

Esse programa tem sua prescrição até o pós-parto já pensando na intensidade de exercício também correta para esse momento. Muitos médicos não permitem a prática de exercícios depois por medo de ter uma interferência na amamentação.

Mas além da amamentação, da mesma forma que a fisiologia do seu coração na gravidez precisa ser respeitado, no pós-parto também.

As alterações cardíacas podem levar até 1 anos para serem recuperadas.

Por isso treino de forma segura e certa por toda sua gravidez e também no pós-parto.

Clique no botão abaixo para conhecer mais do programa.

 

Personal Gestante Online – o programa especializado para gestantes na internet

Por Gizele Monteiro – personal gestante e idealizadora do programa online Gravidez em Forma

 

O atendimento a gestante com exercícios é ainda carente de um conhecimento especializado.

Há anos atuando como personal gestante já pude ver muitas atividades e exercícios que  colocam a gestante em risco.

Há ainda um raciocínio confuso de que “gravidez não é doença”, parecendo que o fato de isso ser uma verdade, parece que a gestante então pode fazer de tudo e continuar nas suas atividades sem qualquer mudanças.

É justamente aí que entra um trabalho especializado realizado por um personal gestante.

Veja um pouco da diferença de informação e cuidados que você terá acesso – exercícios selecionados e sem riscos como o apresentado na fato abaixo.

 

Gravidez em Forma - Personal Gestante Online
Gravidez em Forma – Personal Gestante Online

Muitas gestantes usam esse tipo de exercício em equilíbrio em sua rotina de treino. Qual será o seu objetivo?

Vou pontuar algumas coisas que analiso quando vejo os riscos e efeitos desse tipo de exercício.
1. não ajudará a manter sua forma – esse exercício não tem grande gasto calórico, portante do ponto de vista fisiológico e metabólico ele não é interessante para evitar que você engorde em excesso.

2. é um exercício que sobrecarrega muito suas articulações – pé, joelho – quadril – coluna – isso porque suas articulações estão instáveis, seu centro de gravidade modificado e sua força abdominal drasticamente diminuída e portanto você terá que fazer grande esforço sobre cada uma dessas estruturas.

3. risco de queda. Justamente por todas as mudanças acima, esse exercício oferece maior risco de queda ou um desequilíbrio que pode fazer você se machucar ou ajustar sua postura de uma forma a te lesionar.

Por isso, busque um programa realmente especializado para gestantes, com exercícios seguros, selecionados e que te ajude a não engordar mas com eficiência.

Se você não sabe o que fazer, o programa online Gravidez em Forma foi feito especialmente para cuidar de você da gravidez até o pós-parto. O programa tem os 2 treinamentos especializados.

E agora melhor … esse atendimento pode ser online. Você pode ter o seu Personal Gestante Online

A prescrição de exercícios para gestantes é feita no programa com toda a segurança necessária – exercícios selecionados, exercícios que manterão a postura, que ajudarão a evitar dores.

 

Personal gestante Gizele Monteiro e exercício para Ana Hickamann
Personal gestante Gizele Monteiro e exercício para Ana Hickamann

O programa GRAVIDEZ EM FORMA é pioneiro nessa área.

Idealizado pela personal gestante Gizele Monteiro, referência no Brasil e diretora do programa você terá acesso a vídeos e planilhas elaboradas para amenizar as mudanças mensais e trimestrais.

Todo o conteúdo e acesso é online e você pode ter acesso 24hs e 7 dias por semana!

 

Que tal chegar ao final da sua gravidez com seu peso controlado e sua disposição garantida.

 

O programa e a especialidade já foi tema de vários programas de TV, rádios e até revistas. A participação da personal gestante Gizele Monteiro com celebridades garantiu um destaque nesse tema em vários meios de comunicação e dessa forma cada dia mais as gravidinhas ficam sabendo dos benefícios do exercício para sua saúde.

Gizele Monteiro em entrevista com Solange Frazão
Gizele Monteiro em entrevista com Solange Frazão

 

Conheça mais sobre o programa clicando no botão abaixo.

Clique aqui e conheça o Gravidez em Forma

 

Mudanças corporais e posturais na gravidez

Por Gizele Monteiro – Personal Gestante – programa online Gravidez em Forma

 

Existem muitas mudanças corporais e posturais na gravidez.

O período gestacional apresenta diversas mudanças corporais, sendo elas fisiológicas e anatômicas as quais são provocadas por necessidades funcionais e metabólicas para a formação do bebê e manutenção metabólica da mãe.

O abdome protuso, uma marcha gingada e lordose exagerada são aspectos familiares de uma gestação normal. O útero, de um órgão estritamente pélvico, com doze semanas torna-se um órgão abdominal, deslocando os intestinos e entrando em contato direto com a parede abdominal (Artal et al., 1990).

A projeção anterior do útero, que se expande dentro da cavidade abdominal pelo crescimento ventral do feto, o ganho de peso, aumento do volume de sangue, deslocam o centro de gravidade, o qual não fica mais entre os pés. A mulher precisa se inclinar para trás para ter equilíbrio (Brook et al., 2005), resultando em aumento progressivo da lordose lombar e rotação da pélvis sobre o fêmur (causando um esforço sobre a articulação sacroilíaco e do quadril). Isso desloca o centro de gravidade de volta sobre a pélvis, evitando uma queda para frente.

 

Postura na gravidez
Postura na gravidez

 

Para manter a linha de visão e também compensar a lordose lombar, inicia-se uma série de modificações posturais (Artal et al., 1990).

A estabilidade da gestante é obtida à custa de uma carga aumentada sobre os músculos e os ligamentos da coluna vertebral e essa pode ser uma das razões da dor lombar ser tão comum na gestação.

 

Dor nas costas na gravidez
Dor nas costas na gravidez

 

Estudiosos mostram ocorrer as seguintes as trocas posturais:

  • A lordose cervical aumenta e desenvolve-se um posicionamento anteriorizado da cabeça para compensar o alinhamento do ombro.
  • A lordose lombar aumenta para compensar a mudança no centro de gravidade e os joelhos se hiperestendem, provavelmente pela mudança na linha da gravidade.
  • Os ombros ficam arredondados com protração escapular e rotação interna dos membros superiores em razão do crescimento das mamas e posicionamento para cuidado do bebê após o parto.
  • O peso transfere-se para os calcanhares para trazer o centro de gravidade para uma posição mais posterior (Gazaneo & Oliveira, 1998; Nyska et al., 1997).

 

PROGRAMA DE EXERCÍCIOS PARA MANTER A POSTURA E EVITAR DORES

Por atender tantas gestantes em anos como personal gestante, os estudos e a prática me fizeram idealizar um programa que previna dores nas costas, ajude a controlar o peso e manter a gestante disposta para continuar com sua rotina profissional ou vida social.

O programa online Gravidez em Forma, é o único programa que ajuda você a não engordar e te mantem disposta e ativa na gravidez.

Veja o depoimento Dra. Giovana Portella – Pediatra e aluna do programa Gravidez em Forma. Ela se manteve ativa, controlou seu peso, não gastou dinheiro com roupas de gestantes e trabalhou até dias antes do parto. E o melhor … estava preparada para enfrentar o parto normal e em “19 dias” teve seu corpo de volta.

Saiba mais sobre o programa … << CLIQUE AQUI >>

Que Tipo de Atividade Física devo fazer quando estiver Grávida?

Por Gizele Monteiro – Personal Gestante e Coach – Programa Online Gravidez em Forma

 

Programa Gravidez em Forma - na sua casa
Programa Gravidez em Forma – na sua casa

As mulheres grávidas devem fazer como forma de atividade física tanto a atividade aeróbica como a de fortalecendo muscular

Formas de Atividade física para a grávida:

• A atividade aeróbia é qualquer atividade física que faz o seu coração e os pulmões trabalharem , como por exemplo, caminhada rápida, natação, jogging (apenas para as que já praticavam), hidroginástica, bicicleta ou outros equipamentos da academia – elíptico, transport.

• A atividade física para fortalecimento muscular pode incluir atividades e exercícios como a musculação (desde que liberada pelo médico), treinamento funcional adaptado, ginástica localizada adaptada, exercícios de fortalecimento para a postura – esse último no programa Gravidez em Forma tem foco especial, pois é muito importante para manutenção da postura, posição correta da barriga para não forçar tanto a musculatura e também evitar a diástase, etc.

Os exercícios do assoalho pélvico também são importantes durante a gravidez e são recomendados para todas as mulheres grávidas. Eles podem ajudar a fortalecer os músculos de seu assoalho pélvico que são colocados sobre pressão durante a gravidez e especialmente durante o parto. No programa Gravidez em Forma << Clique aqui para conhecer mais >>, além de ter exercícios específicos, indico o uso de aplicativos para ajudarem nos diferentes tipos de trabalho e ativação para esses músculos.

O objetivo da atividade física durante a gravidez é para que você possa manter um nível de aptidão física boa durante toda a gravidez. No entanto, você não deve treinar para competições ou eventos desportivos. Outro dia vi uma gestante jogando tênis e apesar da sua grande habilidade com o esporte, teve uma queda durante o jogo. Infelizmente falta consciência em muitas mulheres dos riscos associados com a gestação, apesar do alto nível de treinamento.

Você precisa ter cuidado sobre o tipo de atividade física que você escolher para não correr o risco de qualquer dano a si mesmo ou seu bebê. Muitas mudanças ocorrem no seu corpo durante a gravidez. Por exemplo, alterações hormonais podem afetar os músculos e ligamentos. Devido a isso, as articulações podem ficar com maior mobilidade durante a gravidez. Se você não for cuidadosa e, dependendo do tipo de atividade física que você faz, isso pode aumentar sua chance de lesão. Há também a mudança do centro de gravidade e da visão periférica com o aumento da barriga.

 

Programa Gravidez em Forma by Gizele Monteiro
Programa Gravidez em Forma by Gizele Monteiro

 

Então que tal buscar um programa especializado, que traz segurança para você e seu bebê, além de ter a intensidade certa para que ajudar no ganho e controle de peso?

Acesse agora o site do programa Gravidez em Forma.

<< Clique aqui – Quero conhecer o programa que me deixará em forma durante a gravidez >>

Dieta e Gravidez

Por Gizele Monteiro – Personal Gestante e Coach – Gravidez em Forma

 

Dieta e gravidez parece não ser uma combinação interessante, pois o termo dieta vem sendo empregado como estratégia para perda de peso. Segue um texto muito interessante sobre este tema. Boa leitura!

Texto adaptado de Michael Roizen

Embora existam certamente exceções a qualquer regra, em geral, as mulheres não devem fazer dieta durante a gravidez. Existem várias razões para isso. Em primeiro lugar, o ganho de peso é uma parte essencial de uma gravidez saudável para a maioria das mulheres. Além disso, uma dieta pode resultar em privar o seu bebê em desenvolvimento dos nutrientes de que necessita para sobreviver e se desenvolver.

Ganho de Peso na Gravidez

Durante a gravidez, a maioria das mulheres precisa de ganhar peso. Se sua composição corporal estiver saudável antes de engravidar, seu obstetra provavelmente vai aconselhá-lo a ganhar em torno de 12 quilos ao longo de sua gravidez, explicam os drs. Michael Roizen e Mehmet Oz no seu livro “Você: vai ter um bebê.”

Mulheres que estão abaixo do peso antes de engravidar podem precisar ganhar um pouco mais de peso, enquanto aquelas que estavam acima do peso vão precisar ganhar menos peso – ou até não precisam de ganhar.

*** Por isso é importante você entender onde está e como deve ser seu ganho de peso, além claro de entender como controlá-lo! By Gizele Monteiro

 

Qual é o peso?

Enquanto isto pode ser desconcertante para algumas mulheres ver os números sobre o aumento de peso de forma dramática durante a gravidez, vale lembrar que o peso que você está ganhando não é todo em gordura. O peso total inclui além da gordura, o bebê, a placenta e o líquido amniótico, o aumento de peso do seu útero e os seios e uma variedade de outras coisas, como aumento do volume sanguíneo.

Dicas e orientações para uma alimentação saudável - Gravidez em Forma
Dicas e orientações para uma alimentação saudável – Gravidez em Forma

 

VEJA NOSSO GUIA COM DICAS E CUIDADOS PARA UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL que é um BÔNUS DO PROGRAMA GRAVIDEZ EM FORMACLIQUE AQUI !

 

Riscos em fazer dieta na gravidez

Na dieta para perda de peso, por definição, você está fornecendo a suas células menos nutrientes que eles precisam se sustentar. Isso força o seu corpo para puxar das suas reservas de gordura para compensar a diferença de energia. O feto não tem reservas de gordura devido seu desenvolvimento, portanto significa que é muito fácil criar deficiências nutricionais em seu bebê em desenvolvimento, negando-se calorias. Além disso, quando você limitar calorias, você também limitar as vitaminas, que são críticas para o desenvolvimento fetal.

Diretrizes Gerais

Em geral, se você estiver preocupada com seu peso durante a gravidez, converse com seu obstetra. Muitos médicos preferem que você faça uma alimentação (dieta) saudável, equilibrada e, ou procure reduzir a taxa na qual você está ganhando peso ou evitar ganhar peso de forma excessiva ao invés de tentar perder peso durante a gravidez.

 

Se você quer dar um passo de controlar seu peso na gravidez – acesse o site do programa Gravidez em Forma – um programa direcionado para o controle de peso na sua gravidez – Clique aqui !

“You: Having A Baby”; Michael Roizen, M.D. and Mehmet Oz, M.D.; 2009

Atividade Física na Gravidez – orientações

A prática de atividade física na gravidez precisa de algumas orientações especiais. Veja e entenda mais:

 

Exercícios no primeiro trimestre

Guia para prevenir dor nas costas by Gizele Monteiro

• Até as 12 semanas iniciais, os exercícios só devem ser realizado diante da liberação médica. Mesmo gestantes treinadas devem aguardar se o médico não liberar.

 

Mudança nos Exercícios

•  Após 12 semanas de gravidez, tomar cuidado na realização dos exercícios na posição decúbito dorsal (deitada de costas). Isto porque um dos seus principais vasos sanguíneos em seu corpo (chamado de veia cava) pode ser pressionado pelo bebê que está crescendo, se você se mantiver exercícios nessa posição. Isso pode fazer você se sentir tontura e até te levar ao desmaio.

• Especialistas e autoridades internacionais (pesquisadores) recomendam cuidados para a prática de atividade física. Recomendam que evite exercícios que possam perder o equilíbrio e cair.

Esse tipo de exercício que oferece risco de queda pode ferir seu abdômen, e, possivelmente, provocar algum risco ao bebê em desenvolvimento.

 

Atividade física na gravidez com restrição e contra-indicação

• Outras atividades como passeios a cavalo, esqui e ciclismo também devem ser evitadas.

• Em academias não faça aulas de Jump.

• Esportes de contato, também aumentam a chance de você ser atingida no abdômen. Estes esportes incluem squash, judô, boxe, kickboxing, etc. Esses esportes geralmente não são aconselhados durante a gestação.

 

Programa de Exercícios especializado

A atividade física na gravidez de forma geral deve ter exercícios simples e  a intensidade ser controlada.

A caminhada é uma boa opção para atividade física aeróbica. A natação também é interessante, pois atividade em água ajuda no controle da inchaço. Aulas de e ginástica especificamente destinadas às mulheres grávidas também são muito interessantes.

O programa Gravidez em Forma tem essas orientações, onde vários exercícios da ginástica (e musculação com treinamento funcional para as liberadas) foram adaptados para sua segurança …

 

E o melhor … Os exercícios do programa online Gravidez em Forma podem ser feitos em casa ou na academia.

 

Se você está fazendo outros exercícios que não são indicados na gravidez, consulte nosso site para saber mais.

Eu idealizei o programa Online através de toda minha experiência de anos atendendo gestantes e mamães e pude então através de ajudar alunas com o treinamento à distância, ver que é possível resultados incríveis.

Dessa forma selecionei exercícios seguros para você e seu bebê e eficientes para você fazer em casa ou na academia e te ajudar a manter a saúde na gravidez.

Veja o depoimento da minha aluna Harue Ciarlini – coach da equipe do Tonny Robins que fez todo o programa lá da Alemanha.

 

Não perca tempo … mantenha a forma na sua gravidez.

Clique no botão abaixo e veja como manter a forma e o peso na gravidez !!!

Exercícios na Gravidez

Por Gizele Monteiro – Personal Gestante e Coach – Programa Online Gravidez em Forma

 

Manter uma rotina regular de exercícios na gravidez pode ajudar você a ficar mais saudável.

O exercício na gravidez pode melhorar sua postura e diminuir alguns desconfortos muito comuns, tais como dores nas costas e o cansaço no seu dia.

 

Exercício na Gravidez by Gizele Monteiro
Exercício na Gravidez by Gizele Monteiro

 

Muitas evidências científicas mostram que o exercício na gravidez pode prevenir o diabetes gestacional, aliviar o stress físico e mental, e desenvolver uma resistência – boa condição física – necessária para o parto.

Orientações básicas para fazer exercícios na gravidez

  • Se você foi fisicamente ativa antes de sua gravidez, deverá continuar a sua atividade com intensidade adaptada, passando para moderada.
  • Recomendo que não tente se exercitar em seu nível de aptidão física anterior, em vez disso, faça o que é mais confortável para você agora.
  • A orientação com um programa especializado poderá te ajudar nesse processo, te dando segurança. Para saber mais sobre o programa Gravidez em Forma – Clique aqui
  • Os exercícios aeróbicos de baixo impacto como a caminhada são bem indicados para este momento, mas não deve o único, pois seu corpo tem outras necessidades, por exemplo, exercícios de fortalecimento para evitar dores ou manter sua postura. Por isso, realizando apenas caminhada, você não suprirá todas as necessidades do seu corpo.
  • Se você nunca se exercitou antes, pode começar um programa de exercícios na gravidez após a liberação do seu médico. Novamente recomendo que o programa seja especializado, pois muitos profissionais e academias não tem a consciência do que uma gestante precisa.
  • O Colégio Americano de Obstetrícia e Ginecologia recomenda pelo menos 30 minutos de exercícios moderados por dia todos os dias da semana, se não houver qualquer complicação médica na gravidez. Por isso, você deve ter a liberação do seu médico.
  • Seguindo as recomendações do Colégio Americano, e também pela minha experiência atendendo gestantes, oriento que se você está totalmente sedentária pode iniciar comece com exercícios 2 a 3 vezes por semana.

Em caso de algum desconforto ou sintoma indesejado interrompa o exercício e comunique seu médico.

Para saber mais sobre o programa Online Gravidez em Forma, você pode acessar nosso site – http://gravidezemforma.com.br/programa-gravidez-em-forma

O programa tem vídeos e planilhas para que seja ajustado conforme sua experiência com o exercício.

As planilhas e vídeos são didáticos e totalmente direcionados para as necessidades do seu corpo em cada mês e trimestres …

Conheça mais !

Acesse: http://gravidezemforma.com.br/programa-gravidez-em-forma